domingo, 31 de janeiro de 2016

Frei Betto reabilitado. Ao menos na Arquidiocese de Natal.


Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, continua em alta. Depois de ser destaque no site da Canção Nova, da Arquidiocese de São Paulo, chegando até à Rádio Vaticano e ao portal de notícias da Santa Sé (!), este senhor, outrora assessor especial dos piedoso “católico a seu modo” Lula e amicíssimo do baluarte do paredón Fidel Castro, será a grande atração de amanhã em um Seminário organizado pela Arquidiocese de Natal.

O currículo é extenso e nos limitamos a citar apenas alguns de seus grandiosos feitos e causas defendidas. Betto é o arauto da “essencial sacramentalidade da união de duas pessoas que se amam, ainda que do mesmo sexo”; o crítico feroz das “autoridades eclesiásticas” que se “silenciam quando se trata de se pronunciar contra a homofobia”; há décadas, o paladino da despenalização do aborto; o patrono dominicano da espoliação da propriedade privada; o advogado de Dilma Rousseff contra as boatarias de internet; enfim, um Betto de alta patente, ao contrário do seu xará sem grife, e, por isso mesmo, excomungado, de Bauru. Nada mais, nada menos que um bezerro de ouro da América Latina


Interessante notar que, contactada por uma fiel perplexa, a Cúria de Natal confirmou a anuência do senhor arcebispo à participação de Betto no Seminário. Evento, diga-se de passagem, em que ele, Dom Jaime Vieira Rocha, excelentíssimo Ordinário local, bem como o ilustríssimo ordinário de Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o reverendíssimo administrador diocesano de Caicó, Padre Ivanoff Pereira, também darão os ares de suas graças. Tudo ao som do fenômeno musical das CEBs… Zé Vicente! Axé, Auerê, Saravá! Cruz credo!
Lamentavelmente, a Arquidiocese de Natal não é a única a se sujeitar a fazer parte, ou, melhor dizendo, a ser cúmplice do libertador programa de reabilitação nos meios eclesiásticos de Betto. A “5ª Semana Social Brasileira da Arquidiocese de Maceió” recebeu, no último dia 24, o insigne teólogo cultor de Marighella e Che Guevara. Ladeava-o Dom Antônio Muniz, arcebispo metropolitano, aquele mesmo aconselhou o seu clero a formar o povo para não comungar de joelhos… Todos os associados ao Betto, como facilmente percebemos, são pessoas da mais pura ortodoxia!


Triplex de Guarujá e sítio de Atibaia continuam na mídia


Apesar de a defesa do ex-presidente Lula afirmar que ele e sua família compraram apenas uma cota da Bancoop, e não o tríplex, como vem sendo divulgado na mídia, termos de adesão ao condomínio Soláris, na praia de Guarujá assinados por outros compradores mostram que o número de cada apartamento constava nos registros iniciais de venda. Isso significa que quando assinou o documento, a esposa de Lula, Marisa Letícia, sabia que unidade estava comprando. A defesa do ex-presidente tem sustentado que a família não teria adquirido um apartamento, e sim uma cota que equivaleria a uma unidade apenas após o fim das obras. Mas, de acordo com os documentos, quem aderia ao empreendimento já sabia qual apartamento a que teria direito;
Por causa disso, o Ministério Público de São Paulo colheu depoimentos de diversas pessoas que testemunharam as visitas do ex-presidente Lula e de sua família ao tríplex 164-A, para fiscalizar o andamento das obras conduzidas pela construtora OAS. O grupo é suspeito de pagar pelas despesas da reforma, que foi realizada apenas no imóvel de Lula. Outro argumento usado pela defesa de Lula é que, no segundo semestre do ano passado, o casal teria optado pela devolução do dinheiro investido no condomínio. Ainda assim, documentos mostram que o prazo oficial para optar pela desistência da compra era 8 de novembro de 2009, 30 dias após a formalização da transferência do empreendimento da Bancoop para a OAS.

E as novidades não param. Hoje surge a notícia informando que a OAS pagou até mesmo eletrodomésticos da cozinha do tríplex do Guarujá. Segundo investigadores, a empresa adquiriu geladeira; forno de micro-ondas; tampo de pia de resina americana; e forno elétrico, totalizando R$ 74 mil. A cozinha e o quarto teriam custado à empreiteira R$ 380 mil. Há documentos revelando que a OAS também financiou outros itens do apartamento comprados no mercado de luxo: escada caracol; escada que dá acesso à cobertura; porcelanato para as salas de estar, jantar, TV e dormitório; rodapé em porcelanato; deck para piscina, num total de R$ 93 mil. O elevador instalado que oferece a possibilidade de ser personalizado, com acabamento conforme a escolha do cliente, custou R$ 62 mil. Tudo isso, mais R$ 600 mil, para um imóvel que hoje está sob investigação da Operação Lava-Jato e do Ministério Público de São Paulo por suspeita de ter sido usado para pagamento de propina.



E tem mais novidade. A ex-primeira dama Marisa Letícia, chamada por muitos de 'a muda'', pode falar pouco, mas é bastante ativa. Apareceu uma nota fiscal de 2014 no nome dela registrando a compra de uma lancha de alumínio que ela mandou entregar num sítio na cidade paulista de Atibaia, que é frequentado constantemente pelos familiares de Lula, e que os investigadores acham que também pertence ao casal, que nega, mas que tem, 'por coincidência', dois sócio do filho Fábio Luiz (Lulinha); o "Ronaldinho dos negócios", um deles filho de Jacó Bittar, um dos fundadores do PT e grande amigo do ex-presidente. 

Tudo parece indicar a existência de um enorme 'laranjal'.
Postado por 

“O BRASIL ESTÁ EMBURRECIDO”

O presidente do Clube Militar, General Roberto Rodrigues Pimentel publicou na página da entidade,  um duríssimo “pensamento” como costuma definir, onde chama o ex-presidente Lula de ‘EXECRÁVEL LÍDER”. Mesmo na reserva, a liderança das forças armadas permanece hígida. Os clubes Militar, da Marinha e da Aeronáutica são “os tambores” da caserna…


Leia o manifesto:
O Brasil emburreceu nesses anos de inacreditável submissão ao lulopetismo. É triste constatar, mas ficou com a cara e os vícios do seu execrável líder e da sua sucessora, enfiada por ele goela abaixo de um povo iludido.
Temos uma governante(?), sem qualquer exagero, incapaz de articular uma frase que seja compreensível ou provida de lógica.



As nossas instituições, para pior dos males, foram juntas. Calaram-se, tornaram-se menos inteligentes; e também omissas. 


Onde a voz da Igreja, das Forças Armadas, das Universidades, da Comunidade Científica, dos Intelectuais, dos poucos Políticos com “P” que eventualmente ainda restem? Desistiram? Será que ainda podemos vê-los como forças vivas da nação? Nossos formadores de opinião? Há dúvidas. E o Povo, onde está?


Bem representativo do momento pobre e triste que vivemos foi a descoberta do “Fantástico”, programa dominical da Rede Globo, da “nova cara do Brasil”, uma meia dúzia de jovens da classe média paulista, entre 16 e vinte anos, desafiando a polícia em protestos contra o aumento de R$0,30 nas passagens dos coletivos urbanos.
Seria até compreensível a cobertura e apoio a tal movimento: 

– se os pais daqueles jovens não estivessem às voltas para pagar as contas dos serviços públicos, da energia elétrica, por exemplo, que sobem a cada mês em valores absurdos, por absoluta incompetência do governo central; 
– se não vivêssemos o caos a que foi conduzido o sistema de saúde, literalmente paralisado em várias cidades;
– se não tivesse quebrado, fruto do roubo e da corrupção oficial, a nossa maior empresa estatal com prejuízos irrecuperáveis;
– se não estivéssemos com a inflação fora do controle e diante do aumento geométrico do número de desempregados. 
Dentro de uns poucos dias estarão de volta os parlamentares e integrantes do judiciário, depois do longo recesso a que fazem jus. Mas chegam já de olho nos dias de folia carnavalesca, pois ninguém é de ferro. E prontos para entrarem em clima de Olimpíadas. É tudo festa para eles.
Enquanto isso, o País continuará sangrando. Se enganando, protelando decisões, empurrando com a barriga, mas, sinceramente, não vemos como ter fôlego para alcançar 2018.
Vamos acordar, gente, esse governo cometeu crimes muito graves, por mais que fumaça política procure encobrir. A conduta da presidente Dilma deu suficientes motivos jurídicos e políticos para o seu afastamento pelo Congresso. E isso não pode passar em branco. Razões para protestos o Povo tem de sobra, mas pelos R$0,30 de aumento dos coletivos? Nesse momento?
Gen Div Gilberto Rodrigues Pimentel – Presidente do Clube Militar

PM preso em São Paulo por atirar em bandidos de moto recebe apoio



Helicópteros de emissoras de televisão mostraram ao vivo a perseguição na Zona Sul de São Paulo.
As imagens das câmeras de emissoras mostram os adolescentes caídos perto da moto. Um deles joga o capacete em direção ao cabo, que reage com disparos. Nas cenas, o policial atira mais uma vez. Em seguida, ele desce da moto da PM e vai até os suspeitos, que estão deitados. O agente se abaixa e parece pegar uma arma que estaria com os jovens. Em seguida, é possível ver duas luzes de tiros em direção ao chão.
A PM havia informado por meio de nota que “o policial militar envolvido na ocorrência foi preso administrativamente e afastado das atividades operacionais.” Naquele  mesmo dia, o secretário da SSP, Alexandre de Moraes, criticou a ação do policial, dizendo que ele cometeu uma “séria irregularidade”.
Quem anda de moto todo dia, principalmente nas ruas de São Paulo, sabem que a violência anda grande, quase todo dia é possível ler relatos em redes sociais de pessoas que tiveram suas motos roubadas, que foram baleados e até mortos.
Com o objetivo de apoiar o trabalho do PM, motociclistas de São organizaram um protesto e centenas se juntaram para apoiar o Cabo. O PM teve apoio da população, de um deputado e até da imprensa, “Eu queria publicamente te dar os parabéns, a sua ocorrência foi excelente”, falou Telhada, que já trabalhou nas Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), grupo de elite da PM, num vídeo que gravou com o policial que, segundo o deputado, seria o cabo envolvido na ação, a quem chama de “De Souza”, disse o deputado estadual Coronel Telhada (PSDB), mesmo partido do governador Geraldo Alckmin, nas redes sociais na internet.

Não havendo mais motivo para a manutenção da prisão disciplinar, o PM foi colocado em liberdade, na data de 25 de junho, sendo certo que será mantido no serviço administrativo enquanto perdurarem as investigações.


É por estas razões que as PMs devem ter seus representantes na política, para que não fiquem à mercê da esquerda mentirosa e covarde.

sábado, 30 de janeiro de 2016

DILMA, RENUNCIE E VÁ PARA A CUBA QUE TE PARIU!

Dilma, nós pedimos encarecidamente que você renincie e vá para a cuba que te pariu!


Leandro Ruschel fez um comentário cirúrgico sobre o “pedido” da presidente Dilma, muito “carinhoso”, para que ajudemos seu governo a avançar mais ainda sobre nossos bolsos:
Dilma Rousseff, aquela que enganou boa parte dos brasileiros, que não abre mão de todos os luxos que o cargo oferece, com diárias de dezenas de milhares de reais, voos de helicópteros de 5 minutos que poderiam ser feitos de carro e comitivas gigantes para rasgar dinheiro do contribuinte quer que você pague mais impostos.
Dilma, que jogou o país no abismo econômico ao gastar mais do que poderia, fraudando as contas públicas para ninguém perceber e ela conseguir ganhar a eleição agora quer que você pague a conta.
Dilma, a presidente que vive na década de 60 e acredita num modelo comunista que nunca deu certo, quer continuar apostando no centralismo econômico e você tem que pagar a conta.
Dilma, a mulher que mandou bilhões para os ditadores comunistas amigos agora quer que você pague a conta. Os mesmos ditadores que destruíram os seus países…
Dilma, a senhora que representa um partido que mais parece uma quadrilha, como os seus mais importantes quadros presos ou investigados por roubar bilhões da Petrobrás, dos Fundos de Pensão, do BNDES, de outras estatais e entidades públicas e privadas agora quer que você pague a conta da ladroagem.
Dilma, aquela que mantém milhares de cargos desnecessários e não os corta para comprar políticos e evitar o Impeachment quer que você pague a conta.
Dilma, o poste plantado por Lula para manter o seu projeto chavista de poder quer mais dinheiro para continuar destruindo as instituições e acabar de vez com o país.
Dilma, nós não pedimos encarecidamente que você renuncie porque sabemos que você não tem consciência e muito menos caráter para fazer isso.
NÓS EXIGIMOS QUE VOCÊ SAIA DO CARGO QUE OCUPA DE FORMA ILEGÍTIMA E ILEGAL!
Para que assim finalmente possamos reconstruir o Brasil.
 No que eu apenas acrescendo, sendo mais “ogro” do que o quase “lorde” Leandro, mas também mais otimista (brincadeirinha): Dilma, pedimos encarecidamente que você renuncie logo e depois vá para a Cuba que te pariu! Tenho certeza de que serão dias maravilhosos em que você poderá desfrutar de sua aposentadoria, depois de ter ferrado com a vida de milhões de pessoas, afagando o decrépito ditador comunista que a senhora adora.


E já vai tarde demais…

Rodrigo Constantino

O Comunismo foi banido e condenado pela igreja católica

O Comunismo foi banido e condenado pela igreja católica pelo Papa Pio XII com pena de EXCOMUNHÃO para seus praticantes.


Falso ideal



8. A doutrina comunista que em nossos dias se apregoa, de modo muito mais acentuado que outros sistemas semelhantes do passado, apresenta-se sob a máscara de redenção dos humildes. E um pseudo-ideal de justiça, de igualdade e de fraternidade universal no trabalho de tal modo impregna toda a sua doutrina e toda a sua atividade dum misticismo hipócrita, que as multidões seduzidas por promessas falazes e como que estimuladas por um contágio violentíssimo lhes comunica um ardor e entusiasmo irreprimível, o que é muito mais fácil em nossos dias, em que a pouco eqüitativa repartição dos bens deste mundo dá como conseqüência a miséria anormal de muitos. Proclamam com orgulho e exaltam até esse pseudo-ideal, como se dele se tivesse originado o progresso econômico, o qual, quando em alguma parte é real, tem explicação em causas muito diversas, como, por exemplo, a intensificação da produção industrial, introduzida em regiões que antes nada disso possuíam, a valorização de enormes riquezas naturais, exploradas com imensos lucros, sem o menor respeito dos direitos humanos, o emprego enfim da coação brutal que dura e cruelmente força os operários a pesadíssimos trabalhos com um salário de miséria.

Padre comunista defende que "Lula é o Messias", Frei Betto tentou comparar a atual situação do Brasil com a última ceia de Jesus com seus apóstolos

Materialismo evolucionista de Marx


9. Ora, a doutrina que os comunistas em nossos dias espalham, proposta muitas vezes sob aparências capciosas e sedutoras, funda-se de fato nos princípios do materialismo chamado dialético e histórico, ensinado por Karl Marx, de que os teóricos do bolchevismo se gloriam de possuir a única interpretação genuína. Essa doutrina proclama que não há mais que uma só realidade universal, a matéria, formada por forças cegas e ocultas, que, através da sua evolução natural, se vai transformando em planta, em animal, em homem. Do mesmo modo, a sociedade humana, dizem, não é outra coisa mais do que uma aparência ou forma da matéria, que vai evolucionando, como fica dito, e por uma necessidade inelutável e um perpétuo conflito de forças, vai pendendo para a síntese final: uma sociedade sem classes. É, pois, evidente que neste sistema não há lugar sequer para a idéia de Deus; é evidente que entre espírito e matéria, entre alma e corpo não há diferença alguma; que a alma não sobrevive depois da morte, nem há outra vida depois desta. Além disso, os comunistas, insistindo no método dialético do seu materialismo, pretendem que o conflito, a que acima Nos referimos, o qual levará a natureza à síntese final, pode ser acelerado pelos homens. É por isso que se esforçam por tornarem mais agudos os antagonismos que surgem entre as várias classes, da sociedade, porfiando porque a luta de classes, tão cheia, infelizmente, de ódios e de ruínas, tome o aspecto de uma guerra santa em prol do progresso da humanidade; e até mesmo, porque todas as barreiras que se opõem a essas sistemáticas violências, sejam completamente destruídas, como inimigas do gênero humano. LINK PARA DOWNLOAD: Doutrina e frutos do comunismo



'PRESENTEADO' POR EMBAIXADORES, LULA REUNIU VALIOSA ADEGA

MORDOMIA

DIPLOMATAS BRASILEIROS ABASTECERAM ADEGA DE LULA, UMA DAS MAIS VALIOSAS DO PAÍS.
                    EX-PRESIDENTE PEDIU "PRESENTES" A EMBAIXADORES BRASILEIROS.

Na reta final do governo, as visitas de Lula ao exterior foram marcadas por ligações do Planalto às embaixadas do Brasil informando que o então presidente “esperava receber de presente” algumas caixas de vinhos especiais, cuja lista era em seguida enviada. Foram usados 11 caminhões da Granero na volta de Lula a São Bernardo (SP), no início de 2011. Um deles, climatizado, levou um espantoso acervo de vinhos.
Embaixadores do Brasil naquela ocasião afirmaram à coluna, pedindo anonimato, que recebiam o “pedido” do Planalto como um ultimato.
Outros diplomatas interpretaram o pedido do Planalto como uma “oportunidade de agradecer” o posto que ocupavam no exterior.
Lula deixou o Alvorada com 1.403.417 itens em 11 caminhões, mas d. Marisa pediu à Granero “cuidado redobrado” com a adega de Lula
A oposição planeja, este ano, esmiuçar a formação da adega de Lula, considerada hoje como uma das mais valiosas de todo o País. 


Isso é pura ostentação socialista! Todos sabem que ele gosta mesmo é da cachaça.

AMEAÇA! Prisão de LULA jogaria os “Tanques na RUA” e vai “tocar fogo neste país”


Vivendo momentos de terror diante do possível indiciamento de LULA, a esquerda já começa a incitar movimentos sociais para uma grande revolta popular se LULA for preso.
O exército esquerdista de Blogs e Minisites já dispara contra a direita. Tentam fazer a sociedade acreditar que as investigações que se aproximam de LULA e seu séquito são movidas pela “direita” e não pela justiça brasileira.
Como disse o General MOURÃO há bem pouco tempo. As Forças Armadas, por meio de análise prospectiva, já realizaram estudos e construção de cenários possíveis em caso de CONVULSÃO SOCIAL.

Que os articulistas, blogueiros e redatores de sites chapa branca fiquem bem atentos, não se brinca com a sociedade, manipular multidões é algo extremamente perigoso. Se Lula for preso e o país for lançado numa guerra intestina por conta de manipulação midiática da sociedade, cada um deles será encontrado e devidamente responsabilizado pelo que têm dito nas redes, revistas e jornais.

Alguns sites disseram na tarde dessa sexta-feira: Há uma contra-ofensiva em preparação. Este país vai parar. Protestos em defesa de uma das maiores lideranç políticas do mundo serão muito maiores do que contra a ameaça ao mandato da Dilma. Mesmo os grupos da esquerda que se opõem ao govrno Dilma sabem que Lula não é o alvo, mas a esquerda…
Dizem ainda: “… Essa gente não faz ideia do que estão fazendo… Não tem ideia da reação que será desencadeada… Se acha que o movimento sindical, os movim. sociais, os partidos e própria militância ficarão passivos vendo a direita prender uma liderança política como Lula sem o amparo de provas incontestáveis, enlouqueceu. E tais provas não existem…   A pretendida prisão política de Lula vai tocar fogo neste país. Se eles quiserem pagar para ver, vão ver. E vão se arrepender. Precisarão pôr tanques na rua (de novo) para concretizar esse golpe. 
Não esquerda. Não é bem assim. Protestos em favor de Lula nunca viriam da sociedade de forma voluntária. Os protestos da esquerda tem sido cada vez menores, ainda que comprados a preço de pão e mortadela. Se movimentos sociais como MST e CUT forem para a rua e agirem contra a lei será muito fácil identificar quem os manipulou.

Se LULA for preso e vocês reagirem de maneira violenta estará mais do que provado que a esquerda mentiu durante décadas no Brasil. Estará provado que a distribuição de renda visava tão somente enriquecer os membros da intelligentsia esquerdista.
Pode ser que obtenham êxito em atirar o Brasil numa convulsão social que dure algum tempo. Mas, esta não será em hipótese alguma criada pelos militares e pela chamada direita.
Todo o planeta é testemunha que a esquerda jogou o Brasil no caos. O catastrófico governo do PT foi responsável direto pelo baixo desempenho da economia mundial e até pela epidemia de ZIKA que já assola as Américas.

As forças de segurança desse país, ainda que assediadas, nunca se deixaram seduzir pelo discurso fantasioso e sem qualquer coerência da esquerda, ainda que seja dona da situação ha mais de uma década. Forças Armadas e policias de todo o país saberão muito bem quando e como agir.
Se o “pior” acontecer, pode ser que a arrumação da casa dure um tempo longo. Mas, após isso cada um será colocado em seu devido lugar.


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Bolsonaro, salvador da pátria? Não! Apenas a melhor opção.

Nos últimos anos aconteceu um dos maiores aumento de popularidade de um político no Brasil, Jair Messias Bolsonaro, passou de deputado federal do Rio de Janeiro para a maior esperança da reconstrução do Brasil contra o câncer esquerdista que se instalou em nosso país, com sua personalidade forte e sem medo do “politicamente correto”, sendo recebido “com festa” onde passou, inclusive no Nordeste, onde fica(ava) a maior força do atual do governo em relação à popularidade, sua popularidade aumentou de uma forma que seu nome já aparece entre os possíveis candidatos à eleição presidencial em 2018.

Particularmente o vejo como a melhor opção entre todos os possíveis candidatos que aí estão, mas a admiração efusiva de alguns é preocupante, não podemos nos deixar levar pela carência que a direita brasileira tem por líderes que realmente possam chegar ao poder e realizar reais mudanças no sistema político atual. Devemos sim apoiá-lo, todos nós, sejamos conservadores ou liberais, o mal maior ainda permanece no poder e a divisão desses dois grupos em alguns momentos enfraquece a luta contra a retirada do poder da esquerda corrupta que simplesmente pretende permanecer no poder sem se importar com as condições econômicas/socais que nosso país está e pode chegar.
Pior do que os fanáticos de Bolsonaro são alguns liberais/libertários que o veem apenas como mais um estadista e se recusam na hora de prestar apoio à ÚNICA REAL OPÇÃO QUE TEMOS HOJE de endireitar o Brasil e ficam esperando que apareça do dia para a noite um ser iluminado que seja a mistura de Mises, Hayek e Aynd Rand para salvar o país e em seguida o mundo para vivermos felizes para sempre. Para ter o apoio e o voto de todos, Bolsonaro não precisa ser o ideal e sim a melhor opção, e ele é!
Existem dois erros dentro da direita brasileira em relação a Bolsonaro, o primeiro erro é o de achar que ele será o presidente perfeito que não cometerá erros porque ele é o “bolsomito”, isso poderá frustrar uma parte do eleitorado, principalmente aquelas pessoas que não fazem parte de nenhum movimento ou não tenham uma ideologia política firme e só querem um país melhor, que são esses que decidem uma eleição, e isso enfraquecerá a direita brasileira, o segundo erro é de alguns que são contra a esquerda corrupta mas negam firmemente o apoio para sua candidatura. Devemos ficar no meio termo disso.
Qualquer que seja o político, que tenha as melhores das intenções, não conseguiria governar o Brasil.
A casa precisa ser limpa!
Sendo assim, após a limpeza, certamente eu apoiaria o Senhor Bolsonaro. Mesmo que ele ganhe hoje, com o ciclo vicioso que adentrou no Brasil, sofreria um impeachment relâmpago !
Intervenção Militar é a solução até que a casa seja arrumada!


Não devemos atropelar as etapas da mudança que pretendemos fazer, uma coisa de cada vez, meus amigos, primeiramente a retirada do poder dos que lá estão, por enquanto é isso que temos, enfim achamos uma opção viável que não seja adepta do socialismo fabiano que é “menos ruim” em comparação ao governo atual. O salvador da pátria não existe, não deixemos ninguém acomodado no poder, cobrança de resultados sempre, seja quem for! E continuamente a busca por melhorias, o ideal nunca irá existir no mundo real, sempre terá algo a ser feito!

Esse é o momento de nos unirmos contra o mal maior, lembrem: eles ainda estão no poder!
Victor Soares

O Enigma da Estrela VERMELHA x A morte da DEMOCRACIA.

GOVERNO prepara grande ENGODO. Militar da FAB e Jurista desvenda algumas armadilhas preparadas pelo atual governo.


O Enigma da Estrela VERMELHA x A morte da DEMOCRACIA

 “Não se pode definir como virtude a matança dos próprios concidadãos, a traição aos amigos e a demonstração de falta de lealdade, de piedade, de consciência e de ideal moral: essas práticas podem conquistar poder ao príncipe, nunca a glória”(Maquiavel). 
Todos nós temos assistido, abasbacadamente, o tão solapado e cansado povo, em massa, ir às ruas das mais diversas cidades das capitais desse Brasil, em especial São Paulo em que tivemos mais de um milhão de pessoas na Avenida Paulista, no dia 15.Mar.2015, e também em outras capitais no exterior, como Londres, Roma, Lisboa e Buenos Aires, para manifestar a sua total aversão ao governo petista, clamando pela ética na política, pelo rigor da operação “Lava Jato”, pela transparência da utilização da máquina pública, contra a corrupção, contra as doações secretas do dinheiro público para financiar obras faraônicas em países alienígenas, contra a contratação de médicos cubanos para financiar a ditadura castrista, pela redução de ministérios, por uma educação de qualidade, pelo fim das mentiras oficiais e, inclusive, pela volta dos militares ao “poder”, além de outros anseios. 
Para se tentar entender e decifrar esse enigmático momento político brasileiro, convidamos os amigos leitores a mergulhar conosco na clássica lenda Grega envolvendo Jocasta e seu filho Édipo, que nos servirá como importante ferramenta para a desmistificação do atual imbróglio político. A história é mais ou menos assim: Jocasta, esposa de Laios, Rei de Tebas, queria muito ter um filho do Rei, porém, ao consultarem o Oráculo de Delfos, revelou-se que teriam um filho dentro de pouco tempo, mas que a criança estaria destinado a assassinar o pai e casar-se com a mãe.
 Assustada com a previsão, Jocasta, logo após o nascimento, entregou o bebê a um Pastor, servo fiel do Rei, incumbindo-o da difícil tarefa de matar a criança. No entanto, o bebê foi poupado e entregue a uma família da aldeia, onde Édipo cresceu sem saber que era filho do Rei e da Rainha de Tebas.
 Anos mais tarde, Édipo, sentindo-se diferente dos seus concidadãos resolveu consultar o Oráculo de Delfos quando descobriu que estava destinado a matar o próprio pai e casar-se com a mãe. Para evitar isso, fugiu para Tebas, tentando escapar de sua sina, pois acreditava ser filho legítimo do casal que o criou. Caminhando por uma estreita estrada pelas montanhas, Édipo deparou-se com uma carruagem e quando o cocheiro jogou os cavalos contra ele, revoltou-se com tamanha soberba, partiu para a luta e matou os seus tripulantes.
Seguindo sua peregrinação, Édipo chegou à cidade de Tebas, onde se deparou com dois problemas: a) o rei tinha sido assassinado; b) a cidade estava tomada pelo terror da Esfinge, um monstro que se estabelecera a porta da cidade propondo um enigma. Como ninguém sabia responder, a Esfinge ia matando um por um.
Resume a lenda que Jocasta decidiu oferecer sua mão a quem livrasse a cidade do monstro. Édipo enfrentou e venceu a Esfinge ao decifrar o seu enigma, obtendo o direito de casar-se com Jocasta, tornando-se o rei de Tebas. Anos depois, uma peste assolou a cidade. Édipo decidiu consultar o Oráculo de Delfos, mas foi aconselhado a chamar Tirésias, um velho sábio que vivia em Tebas. Este revelou que a causa daquela peste era o assassino de Laios, que continuava na cidade. Édipo prometeu prendê-lo e matá-lo, mas o sábio revelou que ele já o havia assassinado, já que Laios (o rei) era umas das pessoas da carruagem que ele enfrentara. Jocasta, sua mãe, envergonhada, suicidou-se. Édipo furou os próprios olhos e renunciou ao trono.

Essa história possui uma atmosfera macabra, no entanto, ela nos proporciona compreender o complexo funcionamento das coisas no plano político nacional, muito embora, há fases da vida pública em que parece que nada entendemos. Talvez seja por estarmos vivendo dias muito difíceis, ou mesmo porque nada é feito para funcionar mesmo, e aí não entender esse plano se torna algo natural.
Para agravar essa sensação nós temos os noticiários diários, que são úteis, mas nem sempre o suficiente para fazer a sociedade entender essas relações políticas, ao contrário, muitas vezes mais confundem do que esclarecem. Aliás, é realmente difícil compreender, bem como decifrar os “enigmas” de nossas “Esfinges Políticas”.
Daí por que parodiar a referida lenda, com certeza, ajudará a desmistificar os “enigmas vermelhos”. Mas que “enigmas” são esses?

A sua gênese provavelmente esteja na desilusão da sociedade para com os sucessivos governos realizados pelos partidos de esquerda no Brasil. Isso é visível, em especial com a agremiação PT, que nas ruas hoje o nome é sinonímia de venalidade (*), lodaçal, abandalhação etc.. Essa insatisfação é tão grande que cresce o número de pessoas – cerca de 48% dos brasileiros – que desejam uma intervenção militar no país, como forma de se colocar ordem na casa, o que em muito vem preocupando o governo federal.

Esse desejo intervencionista ficou ainda mais patente na última mega passeata ocorrida, haja vista os momentos críticos que atravessamos, com a economia fragilizada, mentiras arquitetadas, escândalos escabrosos de corrupção diários, delações, provas, investigações, prisões e um país dividido eleitoralmente. E, para piorar o quadro, o envolvimento do partido de governo e seus aliados em todas essas bartardias vêm alimentando as desconfianças e descréditos da sociedade no governo, agravando ainda mais a crise.
Conclusão, manifestações em todo o país: “Fora PT, e leve a Dilma com você”; “Dilma, vá prá CUba que pariu”, etc.. Sem credibilidade e vendo seu projeto hegemônico em ruínas, a “Esfinge Vermelho-Palaciana”, rapidamente, por seus ministros trotskismistas (doutrina marxista baseada nos escritos do político e revolucionário ucraniano Leon Trótski), lançou seus enigmas para conter a revoltada sociedade brasileira: “Pacote Anti-Corrupção”; concretização do “Imposto sobre Grandes Fortunas” e “Reforma Política”. Lembrando aos leitores que, como na lenda de Jocasta e Édipo, se não decifrarmos o enigma petista estaremos mortos para sempre.
Ante a brevidade que o tema requer, nos ocuparemos apenas com a “Reforma Política”, tema que, pela sua importância para a nação e massificação por parte do governo federal sugere, além de cautela consulta ao “Oráculo Fernando Gabeira”, escritor, jornalista e ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro (1998-2010), que fez a seguinte contundente previsão, em seu site pessoal e no jornal “O Estado de São Paulo”: “O discurso do governo (leia-se PT) é 80% mentira e 20% malandragem”.
 Ei! Psiu! Se liga nessa dica do “oráculo-gabeiramavel”: não se pode definir como virtude a matança dos próprios concidadãos, a traição a nação e a demonstração de falta de lealdade, de ideal moral: essas práticas, meus amigos, podem até franquear poder ao governo, nunca a glória. Eis o nosso grande desafio: qual é o pano de fundo da tão querida reforma política? O que pretende o governo federal e seus aliados com ela? O que realmente está em jogo nesse no instrumento reformador?
 É isso que precisamos decifrar, sob pena de ver nossa “esfinge governamental” assassinar para sempre a solapada democracia. Diante da previsão do oráculo já se pode adiantar que temas como redução de ministérios, redução de membros da Câmara de Deputados e Senado Federal, redução de benefícios parlamentares, redução da carga tributária, redução do fundo partidário, fim do financiamento público de campanha, fim do sistema de urnas eletrônicas que possibilita a instalação de softwares para programas fraudados (o “Inserator CPT”) e meritocracia passam ao largo da reforma política pretendida pelo PT e aliados. Aliás, com o governo e o PT acuados pela crise política e pelas revelações da Operação Lava-Jato, o PMDB, malandramente, tomou a dianteira e apresentou o seu projeto de reforma política que contraria as pretensões de seus parceiros de governo. Entre as bandeiras estão o fim da reeleição presidencial, bem como das eleições majoritárias e também propõe a alteração, mas não extingue, das doações de campanhas por empresas.
 Bom, vamos encurtar o desvendamento do enigma. O que o PT realmente quer, dentre suas bandeiras reformista, é a convocação de um “plebiscito” para implementação de sua proposta de reforma política, com o “engodo” (lembre das previsões do oráculo) de estar delegando aos eleitores brasileiros o poder de definir os rumos da reforma política. Em sentido contrário, os dirigentes da Câmara e do Senado preferem que os eleitores participem da reforma por meio de um “referendo”.
 Plebiscito e referendo são consultas ao povo para decidir sobre matéria de relevância para a nação em questões de natureza constitucional, legislativa ou administrativa. A principal distinção entre eles é a de que o plebiscito é convocado previamente à criação do ato legislativo ou administrativo que trate do assunto em pauta, e o referendo é convocado posteriormente, cabendo ao povo ratificar ou rejeitar a proposta. Amigos, um ou outro instrumento não funciona com um povo analfabeto. Isso é engodo, um golpe a nossa fragilizada democracia. Um povo mal educado, um grande rebanho de gados alienados para decidir o futuro da nação? O oráculo disse que 80% do que o governo fala ou promete é mentira e os outros 20% é malandragem. E qual é a malandragem aqui?

 O fortalecimento dos conselhos populares e dos movimentos sociais por meio do Decreto nº 8.243/2014, que institui a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS). O engodo é bem sedutor, a nossa “esfinge palaciana” alega que com esses “truculentos-democráticos” conselhos e movimentos – sindicatos, ONGs, associações variadas e movimentos sociais de rua (CUT, UNE, MST, FUP, etc.) – irá definitivamente “fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas”. Isso é uma mistura de mentira com malandragem, ou no mínimo uma porta escancarada para se golpear mortalmente nossa democracia.
 Um decreto publicado em silêncio com o rótulo de “Política Nacional de Participação Social”, inserida em um tal “Sistema Nacional de Participação Nacional”. Bonito, pomposo, porém o “enigma” não é tão simples e democrático quanto parece, a questão vai muito além da inconstitucionalidade do estabelecimento de um Sistema de Gestão Pública impulsionado por decisões tomadas por truculentos movimentos sociais como CUT, UNE, MST, FUP e tantos outros, pelo menos é o que o texto do decreto faz parecer.
 O grande perigo, ou seja, o engodo desse decreto presidencial é a possibilidade de que seja instituída uma nova Assembleia Constituinte, assim como ocorreu na Venezuela, com base na exclusiva vontade desses truculentos movimentos sociais que sempre estiveram concentrados na ideia fixa de promover uma ruptura do atual sistema democrático, com o nítido interesse de rasgar a Constituição Federal de 1988 para estabelecer definitivamente no Brasil um novo sistema político ao molde bolivariano. Decifrado o enigma da “reforma política”.
Gerson Paulo, SUBOFICIAL da Aeronáutica e Mestre em Direito.