domingo, 1 de janeiro de 2017

A contagem 2017 começou!


Mal o ano de 2017 se iniciava, mais um policial militar era assassinado, desta vez na comunidade pacificada Batan em Realengo, onde há tempos nunca se teve noticiais de algum problema sério. O policial foi retirado de uma festa e levado a outra comunidade com seu veículo, veículo este que foi encontrado em Guadalupe com o corpo do policial na mala.



Em outro caso um policial militar foi baleado na cabeça tendo perdido o controle da viatura e colidido com um poste na Rua Leopoldo Bulhões, não se sabendo até o momento seu estado de saúde. Existem ainda relatos não confirmados de outras mortes de policiais militares.



Policial dá tiro no BRT, mata embaixador, encara vagabundo com fuzil! Mas não luta por seus direitos. Quando for para a Reserva, se sobreviver, vai ficar reclamando que ganha pouco, retiraram sua paridade, não tem hospital, não tem clinica médica, não tem mais nada, só o direito de ficar que nem um MERDA reclamando!


Foram felizes de meios próprios, em transportes coletivos, saindo de seus municípios de origem para Copacabana, prestar serviço no evento da virada com queima de fogos e shows artísticos, evento este que propagaram estar sem a devida segurança devido a insatisfação dos servidores públicos. 


Mas mesmo com a merda da ração fria servida e levada embaixo do braço, os policiais militares cumpriram sua exaustiva jornada de trabalho gratuito.


1.000 estarão na piscina e 10.000 estarão na praia. Mas tú, servidor da Segurança Pública, não serás atingido, estarás de serviço, mesmo com salário atrasado, sem 13º e com Pé Grande, Múmia Paralítica e Sapo Gordo rindo de ti, pois, tiveste mais uma vez a chance de acabar com essa canalhice e CAGASTE para dentro!
PMERJ, PCERJ e SEAP, vós sois covardes com vossos direitos e cordeiros com vossos deveres.
Que venha 2017 e toda espécie de arriadas que eles imaginarem para a classe dos servidores públicos.

Crisis 16:17 (Retirado do Whatsapp)

Ser Policial Militar, herança de morte que passa de pai para filho.


Mas, apesar de todas as dificuldades, seguem felizes aturando tudo que lhes for imposto, afinal, em se tratando das ordens emanadas de seus superiores, cumprem como cordeirinhos seguindo para o abate.
Participação por não der informado assunção de serviço via Whatsapp.


Não custa nada relembrar o ano de 2012 quando militares foram presos e excluídos de suas corporações. Os Bombeiros Militares arrecadavam naquela época cerca de R$ 2.000,00 para cada excluído, lembrando que o numero de excluídos BMs foi superior aos PMs e o efetivo BM é inferior ao efetivo de PMs, que só arrecadavam no máximo R$ 100,00 mensalmente para cada excluído. Tá de bom tamanho, né PM?

Só pra saber, o que os banca para ir e voltar do trabalho? O que banca a alimentação do policial e de sua família? Estão sem pagamento há mais de um mês, sem 13º e não reclamam nem alegam hipossuficiência Será que a "mão de macaco" tá agindo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário