domingo, 29 de janeiro de 2017

É interessante você se ligar no LIGA


Ainda na fase de gestação, as pessoas as quais o LIGA era apresentado comentavam: "mais um partido?" Respondíamos: "não! Um partido diferente!".

E assim fomos coletando interesse das pessoas, o LIGA não foi idealizado por políticos que almejam ter um partido para chamar de seu. Foi idealizado pela base, pelos que sofrem as consequências da política de interesses mesquinhos, pelo eleitor que não vê outra saída que não seja tomar para si as rédeas de suas vidas, tomar para si o poder de traçar políticas voltadas ao povo. LIGA, um Partido para chamar de NOSSO!

A LIGA é um partido vindo do povo, formado por pais, mães, filhos, estudantes, trabalhadores, profissionais liberais, funcionários públicos civis e militares enfim, gente que acorda cedo todos os dias para pegar no batente e gerar riquezas para o nosso país. A LIGA tem como objetivo organizar e capacitar a população a lutar contra ideologias de gênero, totalitárias como o comunismo, socialismo, bolivarismo e congêneres.
Link: LIGA Estatuto
Link: LIGA Apoiamento

Nesta segunda reunião do partido no Centro de Convivência de Senador Camará, onde temos nosso Secretario Nacional de Ação Social, Robson de Castilho, o "Robinho Pelé", como é conhecido na comunidade que transforma com suas ações, o contato com diversas comunidades do Rio de Janeiro foi feito e, se mostrando dispostos com o que ouvem e veem, ousar na busca de assinaturas de apoiamento.

video


Pelé transforma, assim como transformou um local de consumo de drogas e prostituição num Centro Social que transforma pessoas em cidadães, transforma crianças em esportistas com condições de disputar a vida com chances de vencer.


A diferença do LIGA já é percebida na maneira como se conduz, jamais uma reunião se inicia sem honrar nossa Pátria, nossa cidadania. O Hino Nacional sempre se fará presente.

video

Como também lembrar sempre as mazelas do mundo, como o holocausto, pois, recordar é o antidoto mais forte contra o esquecimento e a indiferença.

video

Vários diretórios se fizeram presentes:


Estado de São Paulo - Bolívar Fundão Filho
Duque de Caxias - Jorge Araujo, também Vice Presidente Estadual
Araruama - Jones Carlos
Itaguaí - Alexandre Arruda Guerato
Rio de Janeiro - Valeriano Tiburcio
Guapimirim - Ariane Calazans
Núcleo Feminino - Milene Silva Ferreira


Na reunião foram empossados pelo Presidente do LIGA Estado do Rio de Janeiro e Vice Presidente Nacional, Edival Anchieta, o Secretário Estadual - Alex Amorim e de Articulação - Paulo Chaves.

Álbum de fotos no Facebook

O LIGA desde seu inicio vem sofrendo dificuldades, dificuldades criadas para impedir sua legalização. Eles, os partidos existentes, procuram com as pessoas alocadas em pontos chaves, embarreirar um Partido diferente e não permitir que o pobre, o humilde, o trabalhador honesto, o das comunidades, ascendam ao governo e, com suas ações, mostrem que tudo estava errado. Podemos e vamos fazer diferente, fazer o certo!

                            Vicente Reis, no centro da foto

Citamos o empresário da construção Civil Vicente Reis, que desde o inicio acreditou e investe no LIGA. Investe porque acredita que mudanças podem e devem acontecer sem precisar de medidas drásticas em nossa ainda frágil democracia, ela pode ser fortalecida com credito em quem pode fazer acontecer. E o LIGA veio com este propósito. 

Nesta segunda reunião no Centro de Convivência de Senador Camará foi destacada esta fase do Partido, a captação de assinaturas de apoiamento. Talvez a fase mais espinhosa, pois deparamos sempre com a mesma interrogação: "mais um partido?" Esta questão foi colocada para confundir o eleitor e possíveis apoiadores, duvidar que mais um partido possa ser a solução. Mas é só ver no que se tornou a política atual para concluir, de imediato, que esse "mais um partido" pode ser a diferença entre a bancarrota e o sucesso. O LIGA não é um novo partido, é o Partido diferente.

Finalizando com o Presidente Nacional do LIGA - Marcelo Machado com suas considerações sobre o Partido e as assinaturas de apoiamento.

video

Como não poderia deixar de ser num Partido declarado em seu Estatuto ser de Direita, finalizamos com a oração que Ele nos ensinou.







2 comentários:

  1. INTERVENÇÃO MILITAR JÁ! Chega de votar em políticos corruptos ou OMISSOS. Até a nova geração está contaminada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor do texto e que publica neste blog é Intervencionista. Mas, e depois da Intervenção? Será uma ditadura de militares por décadas? Não é um novo partido, é um Partido diferente, sem políticos.
      http://rvchudo.blogspot.com.br/2017/01/o-que-pensa-um-intervencionista.html

      Excluir