segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

A COISA ESTÁ CRESCENDO

A COISA ESTÁ CRESCENDO – Esposas de POLICIAIS protestam no PARÁ – Policiais do CHOQUE se reúnem na RUA e dão grito de GUERRA.


Como a Revista Sociedade Militar têm dito nos últimos dias, a manifestação de policiais militares pode se alastrar por todo o país.
Num movimento bastante parecido com o que ocorreu há alguns anos com toda a sociedade, “não é só por causa do salário”, os policiais aparentemente chegaram no seu limite, cansaram de ser mortos todos os dias e não obter sequer o reconhecimento da sociedade. Policiais cansaram de ser comandados por políticos corruptos que, quase sempre por critérios políticos, escolhem os policiais que comandam a tropa.
No RIO os policiais do Batalhão de CHOQUE, usados para reprimir manifestações, inclusive de colegas policiais e bombeiros que se manifestaram nas últimas semanas, que são talvez o último bastião, a última parte da tropa submissa ao comando central, têm aos poucos se unido às esposas na frente do batalhão no CENTRO do Rio de JANEIRO. A última informação, ainda não verificada, é que todos os policiais receberam voz de prisão.


Policiais cariocas que recebem ordens para assumir o serviço mesmo a paisana – sem equipamentos de segurança e viaturas – têm se negado a cumprir as ordens. Nas redes sociais da família militar carioca percebe-se várias mensagens clamando pela ajuda de políticos ligados à tropa, como Jair e Flávio Bolsonaro, Wagner Montes e Cabo Daciolo.
Os dois políticos, bastante ligados aos policiais no RIO de JANEIRO, devem estar no momento aguardando o desenrolar dos acontecimentos. Tudo indica que temem que se os policiais pararem totalmente suas atividades o RIO entre num estado de calamidade pública e ninguém quer ser responsabilizado por isso.


Nas redes sociais começam a chegar imagens de familiares de policiais se manifestando em frente a quartéis do Estado do Pará. São mencionadas as cidades de Santarém e Castanhal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário