segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

A Previdência não está falida, CPI já!

CPI da Previdência já tem assinaturas para sair do papel.
Paim informou que tem sofrido pressão por parte do governo para não dar seguimento à criação da CPI
Autor do pedido no Senado conseguiu o apoio de 29 parlamentares para instalar comissão que investigará déficit.
video
A Reforma da Previdência não para de ser questionada. Depois de ser interpelada por 28 parlamentares no Superior Tribunal Federal (STF), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pode ser instalada para investigar a real situação da Previdência Social no país.
Ao longo da semana o senador Paulo Paim (PT-RS) conseguiu duas assinaturas a mais que as 27 necessárias, inclusive do PMDB, que faz parte da base aliada do governo, para dar entrada no pedido de CPI na Casa. 
A ideia é apurar desvios de verbas, fraudes, sonegações e outros tipos de irregularidades nos benefícios do INSS. “O governo diz que a Previdência é deficitária, mas nós dizemos que é superavitária. Queremos, então, tirar a prova e saber quem são os maiores devedores, além de entender como é a história das fraudes, sonegações e anistias”, argumenta Paim.
Com a adesão de membros da base aliada, o jogo de forças entre governo e oposição em torno da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, que trata da Reforma da Previdência, deve se intensificar logo após o Carnaval, quando o senador informou que fará o pedido formal de instalação da CPI da Previdência ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).
video
“O governo está fazendo terrorismo, inclusive ameaçando senadores para que eles retirem o nome, mas quem não deve não teme. Quem tem medo de uma investigação?”, questionou. O senador contou ao DIA que ele mesmo tem sofrido pressão por parte do governo para que não dê seguimento à criação da CPI. 
Para evitar que o Planalto consiga fazer com que algum senador retire a assinatura do documento e frustre a proposta da CPI, Paim disse que pretende angariar um número maior de assinaturas, na tentativa de chegar a 54 senadores, cerca de dois terços da Casa, além de apoio popular. Uma petição pública online que defende a criação da CPI já conta com mais de 7 mil apoiadores.
Tramitação
Com duração de 120 dias, a CPI terá poderes de investigação próprios de autoridades judiciais. A comissão poderá convocar pessoas para depor, ouvir testemunhas, requisitar documentos e determinar diligências, entre outras medidas.
A articulação surge no contexto de tramitação da PEC 287, que impõe regras mais rígidas para que o trabalhador acesse os benefícios previdenciários, como idade mínima de 65 anos para homens e mulheres darem entrada no benefício no INSS, mecanismos diferentes de cálculo do benefício e fim da cumulatividade de pensão com aposentadoria, entre outros pontos. 
A medida tem recebido fortes críticas de parlamentares da oposição e até membros da base aliada do governo, que se queixam do caráter austero da proposta.
Prazo para dar explicação
A Comissão de Ética Pública da Presidência da República deu prazo de dez dias para o secretário da Previdência, Marcelo Caetano, se manifestar sobre a denúncia de conflito de interesses.
De acordo com a Pública Central do Servidor, entidade sindical que apresentou o questionamento, Caetano é membro do Conselho de Administração da BrasilPrev, empresa de previdência privada e vem liderando o processo de formulação de propostas de Reforma da Previdência, o que geraria conflito de interesse. 
O relator da matéria será o próprio presidente da comissão de ética, Mauro Menezes.“O processo foi aberto e ele terá um prazo de dez dias para se manifestar”, afirmou. Ontem foi protocolada outra denúncia contra Caetano, só que no Ministério Público Federal (MPF). “A Brasilprev é uma das maiores interessadas em planos de previdência complementar”, criticou Tiago Botelho, diretor da central.

22 comentários:

  1. Vai fundo Paim não me decepciona, sempre votei em ti.

    ResponderExcluir
  2. Quero muito que essa CPI seja instalada e toda verdade esclarecida. Não entendo porque tentar dificultar a instalação. Governo que age com lisura não pode "Temer" a verdade. Será que a aparência do Min, Henrique Meirelles é enganosa? Vamos esperar para ver.

    ResponderExcluir
  3. Paim,fica do lado do povo,e da Polícia Federal...O resto resolvemos na urna.

    ResponderExcluir
  4. Senador Paim,nas eleição passada o sr usou o mesmo TEMA INSS que iria melhorar um pouco a renda dos aposentados. Nada foi feito. Sabemos que existe rombo por roubos no INSS. Só tenho a dizer que não votarei mais no sr e faço campanha contra. Se não vai resolver, para de enganar aposentados com essa pauta.

    ResponderExcluir
  5. Eleição passada usou o argumento que iria melhorar a renda dos aposentados, nada foi feito, agora rombo no INSS. Sabemos todo o roubo que existe. Então sr senador não começa a usar essa pauta para ganhar votos dos aposentados. O meu e de todos que eu puder convencer a não votar no senhor por esse engodo, eu farei.

    ResponderExcluir
  6. Correto Senador... Tem que colocar tudo a limpo, o povo não pode sair na pior como se fosse o vilão!!!

    ResponderExcluir
  7. Marcelo Caetano . Existe um ditado sábio que diz a onde a fumaça a fogo! Para um bom entendedor da palavras bastão!

    ResponderExcluir
  8. Tem falcatruas sim,vai para cima Paim,está na cara já foi publicado que parlamentares,vem aplicando fraudes na previdência,se aposentando com idade fora do tempo

    ResponderExcluir
  9. Tem falcatruas sim,vai para cima Paim,está na cara já foi publicado que parlamentares,vem aplicando fraudes na previdência,se aposentando com idade fora do tempo

    ResponderExcluir
  10. Paim voçê nos representa e o mais importante: Mantém sua lealdade sempre!!!

    ResponderExcluir
  11. Totalmente apoiado, parabéns!

    ResponderExcluir
  12. É isso mesmo Pain. Mostre que ainda resta um resquício de vergonha, responsabilidade e respeito aos seus eleitores e principalmente ao país.Necessitamos de muitas ações e iniciativas,como essa, mesmo que tão tarde!

    ResponderExcluir
  13. Existe muito desvio de recursos de valores destinados a previdência, e muita sonegação também. Por falar em desvio, pra onde estao indo os valores do PIS?

    ResponderExcluir
  14. Em certo momento houve uma CPI para ver quem estava roubando, o Fantástico filmou os membros dá CPI acharcando comerciantes.
    Tomara que essa CPI não seja para favorecer o Temer e os seus pactuados.

    ResponderExcluir
  15. A SUJEIRA DE TEMER DEVE SER GRANDE ,POR ISSO QUER POLEMICA DA PREVIDÊNCIA PARA DESVIAR HOLOFOTES SOBRE ELE.

    ResponderExcluir
  16. Está certíssimo! Como pode o país que mais arrecada impostos no mundo estar quebrada, o governo que se vire e pare de roubar...O povo está fazendo a parte dele

    Essa mudança na previdência NÃO pode ser aprovada!!��

    ResponderExcluir
  17. Caríssimo Senador Paulo Paim,
    Se esta CPI não sair precisamos aclamar o povo para tomar as ruas. " Liberdade ou morte"

    ResponderExcluir
  18. Alguém sabe o número da Petição Publica online prá acessar prá votar e divulgar???

    ResponderExcluir
  19. Só uma perguntinha : Porquê esse senador não fez essa denúncia quando o governo era do partido dele, o PT ? Todo mundo mundo sabe que CPI não dá em nada, é só palanque político e outros tipos de ganhos...

    ResponderExcluir
  20. Só uma perguntinha : Porquê esse senador não fez essa denúncia quando o governo era do partido dele, o PT ? Todo mundo mundo sabe que CPI não dá em nada, é só palanque político e outros tipos de ganhos...

    ResponderExcluir
  21. E ai Senador, ja passou o Carnaval. Vamos começar os trabalhos?

    ResponderExcluir