terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Oportunidade não se desperdiça. TOLERÂNCIA ZERO!!!


Brasil todo acompanha as manifestações de policiais militares que explodem em todo o Brasil, no Rio de Janeiro não há “greve” como muitas vozes se referem à manifestação de esposas e parentes de nossos policiais, há uma manifestação nas Unidades PMERJ na tentativa de impedir que o policiamento saia. Mas seria leviano acreditar que o policiamento não fosse para a rua, os comandantes tiveram acesso às postagens em redes sociais em tempo de montar estratégias.

Pois bem, após cinco dias o movimento vai se esvaziando, embora com unidades ocupadas, as mulheres desgastadas, não estão vendo e/ou sentindo o apoio necessário. Estejam presentes, lhes dê apoio, lhes leve palavras de força! A PMERJ não pode ceder aos oficiais e praças “Pexotos” da vida.
Apesar de nas redes sócias eu ver desabafos a cada esposa de policial agredida, na vida real nem uma palavra amiga lhes é dispensada, só uns poucos se atrevem a serem vistos dando apoio. - “se fosse na minha mulher iam ver o que acontecia”, “eu meto a porrada, não importa quem seja”, dou-lhe um tiro no meio dos cornos” – na verdade são cordeirinhos se borrando de medo.

Tudo bem que tenham cagaço de enfrentar os oficiais e praças “Pexotos” querendo lhes empurrar pra rua, mas existem alternativas legais que impedem que cumpram a ordem, é só procurar. Elas não conseguirão vencer esta batalha sozinhas.

Vamos apresentar algumas sugestões viáveis:
Verificar o armamento nos mínimos detalhes. Se houver policial com formação específica, lhe peça ajuda na identificação de possíveis defeitos e/ou falhas.


O ultimo lote de viaturas compradas para a PMERJ está com o licenciamento anual vencido, exija o documento atualizado, não estando atualizado, fotografe, e se negue a sair com viatura irregular. Caso a viatura esteja licenciada, o que é quase impossível, inspecione o equipamento obrigatório. Estepe, chave de rodas e triangulo devem estar disponíveis e em bom estado. 
Art. 133 - É obrigatório o porte do Certificado de Licenciamento Anual. CBT

Inspecione se os pneus estão nas condições para rodagem em segurança.
Existe uma marcação que indica o desgaste máximo admitido. Esse desgaste é limitado pelo Código Nacional de Trânsito que determina que a profundidade mínima nos sulcos de um pneu não seja inferior a 1,6 mm, medido da base do sulco a parte mais externa da banda de rodagem.

Verifique se sua CNH está em dia e, mesmo estando, se negue assumir uma viatura policial que exige averbação de curso especial na CNH.

Cuidado!!!
Em caso de sinistro ocorrido nas ruas com viaturas sem condições de rodagem, havendo crime, pode ser considerado doloso pelo fato do policial ter assumido o risco.

Verifique a validade do colete antibalístico fornecido, estando vencido recuse-o. Colete antibalístico é EPI, portanto cada policial deve estar com o seu em condições de oferecer a proteção para a qual se destina.

A qualquer sinal de indisposição vá ao atendimento médico, FODA-SE  se lhe disserem que tá “embromando” é sua vida que pode ficar em risco.

Todos sabem os “arrego” dos “Pexotos”, oficiais e praças. Fica com medinho não! Tudo bem que no seu PB não tem contravenção (jogo do bicho e caça níquéis), a P/3 preparou muito bem isso. Mas durante os percursos eles estão lá, toca “phoda-se”, leva tudo pra DP.

Inabilitado? Ótimo serve pra nossa manifestação, faça o que deve ser feito, multa e apreensão!

Usuário de drogas? Sim! Uma “petequinha” de maconha já serve, leva pra DP!

Você estará cumprindo seu dever funcional e ajudando muito a causa. Não espere que façam por você! Nesta engrenagem todos nós somos um dente no seu funcionamento. Sem prevaricar, sem se insubordinar e sem acusação de motim. Tudo no cumprimento da Lei!


A ORDEM É: TOLERÂNCIA ZERO!!!

Um comentário:

  1. Concordo plenamente com a expressão do autor.Porém, tenho a consciência de que somente a intervenção Militar constitucional tem poder e competência para devover o Brasil aos cidadãos honestos e trabalhadores, derrotando, de vez,os "PEXOTOS - PRAÇAS E OFICIAIS", e de roldão, políticos bandidos e bandidos políticos.
    É preciso aproveitar o momento em que familiares de pessoas honestas estão sendo esculachados e policiais honestos indiciados para reuni-los para manifestações de intervenção Militar:A única solução.
    Com a força destas famílias é mais fácil fazer os militares cumprirem a Constituição, ART.142, do que mudar o caráter dos " PEXOTOS".
    A voz do povo é a voz de Deus,não dos "PEXOTOS".

    ResponderExcluir