segunda-feira, 27 de março de 2017

A maconha começa a queimar neurônios de Ciro Gomes


Em vídeo, Ciro Gomes desafia Sergio Moro a prendê-lo.
Em vídeo que circula nas redes sociais, o provável candidato à presidência da República em 2018, Ciro Gomes (PDT), desafiou o juiz Federal, Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato a prendê-lo. O vídeo foi divulgado no dia em que Moro expediu mandado de condução coercitiva contra o blogueiro Eduardo Guimarães.
“Hoje esse Moro resolveu prender um blogueiro, ele que tente mandar me prender. Eu recebo a turma dele na bala”, disse Ciro Gomes em vídeo.
O jornalista, Eduardo Guimarães, autor do Blog da Cidadania, foi levado coercitivamente para prestar depoimento na sede da Polícia Federal, em São Paulo, na última terça-feira (21). Em seu site, o Guimarães faz críticas às gestões de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo, à de Michel Temer (PMDB) na presidência da República, e à Operação Lava Jato.
Espero sinceramente que Ciro Gomes tenha de prestar depoimento e mais ainda que cumpra sua ameaça de reagir à bala ao ser intimado. Eficientemente nos livraríamos de um demente.

2 comentários:

  1. Menos um idiota na política. Não faria falta nenhuma..

    ResponderExcluir
  2. É uma lástima... Eu estava residindo em Fortaleza quando o Ciro era prefeito da cidade e, depois, governador. Para acudir o governo do FHC que enfrentava problema sério com o Plano Real, entregou o cargo e partiu para Brasília, para assumir a pasta da Fazenda, já que ele era um dos principais mentores do Plano. Com a sua chegada, o plano real foi salvo. Infelizmente, talvez por causa da maconha (se isso for verdade), bandeou-se para o lado da quadrilha lulo-petista, logo ele, dono de uma invejável ficha limpa. Coisa impossível de ser compreendida. Pra piorar, ainda se filia a essa camarilha do Lupi que usa o rótulo de PTB. Pirou de vez.

    ResponderExcluir