sábado, 11 de março de 2017

Verdades para a sociedade.


Sabem aquele cara, pai de família que retira 100 reais do seu ordenado para levar a esposa e os filhos para comer fora, espreme seu orçamento para viver dignamente, pois é; eu respeito esse cidadão e acho uma afronta quando um moleque safado, puto, pilantra, metido à malandro, coloca um ferro na cara desse trabalhador e leva o pouco que ele tem, tira-lhe a honra, a dignidade!

As principais vítimas da violência no Brasil, são trabalhadores, mães, pais, filhos, pessoas que suam muito nessa porra pra ter um carrinho melhor, uma casinha, um aparelho de celular, pra dar um estudo, uma vida melhor para os seus;

Os 140 mil roubos violentos que o Rio de Janeiro registra por ano, acontecem em cima dos "Zés, Joãos, Marias", quando falamos aqui que "BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO", não é em defesa de nenhuma elite! Esses tem condições de pagar por uma segurança privada, em que pese terem os mesmos direitos legais!

Os maconhólogos de esquerda não entendem isso! Nosso ódio contra o vagabundo é principalmente quando eles aviltam essas pessoas humildes, seja lhes roubando seja lhes impondo o domínio com armas como fazem os traficantes com suas "narco ditaduras comunitárias"!

Pois bem, é por essas pessoas que lutamos, ontem, hoje e SEMPRE!

Mais do que nunca, estamos aqui para afirmar: É TIRO, PORRADA E BOMBA, SEJA NO COTURNO OU NA POLÍTICA, POIS É ISSO QUE VAGABUNDO RESPEITA!

#Bolsonaro2018
#ForçaeHonra
#Hurra

Major PMERJ Elitusalem Gomes De Freitas

Posso ser punido, mas minha consciência tem que estar em paz. São vidas, são pais de família, são meninas recém-formadas que não têm experiência. Tem que ser pessoas que gostem de operar em terreno hostil. (Major Elitusalem Gomes Freitas)

Um comentário:

  1. É perfeita a expressão do pensamento deste cidadão.
    Meus parabéns. Tenho a mesma opinião.

    ResponderExcluir