terça-feira, 4 de abril de 2017

E agora, de quem é a culpa?

Menina de 13 anos é baleada e morre em Acari, na Zona Norte do Rio.




Cinco dias após a morte da menina Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos, em Acari, na Zona Norte do Rio, uma adolescente da mesma idade foi baleada e morta no bairro.

O crime aconteceu por volta das 22h desta segunda-feira. Hosana de Oliveira Sessassim foi levada para o Hospital municipal Ronaldo Gazolla, mas não resistiu ao ferimento.

Não há ainda detalhes sobre as circunstâncias da morte da adolescente. A Polícia Militar informou, por meio de nota, que não houve nenhuma operação do 41º BPM (Irajá), responsável pelo policiamento na região, em Acari no momento em que a adolescente foi baleadaNão havia operação policial na comunidade.

O delegado Fábio Cardoso, titular da Divisão de Homicídios (DH), disse que a investigação sobre a morte de Hosana está sendo mantida em sigilo:
— A DH, diante da recenticidade do crime e do início da investigação, para proteger a investigação e não expor testemunhas, não está divulgando detalhes sobre esta investigação.

Uma menina de treze anos na rua sem a presença dos pais ou de responsável, que certamente só souberam de seu assassinato horas depois por intermédio de terceiros. Será que deram mole ou o assassino cheirou muito pó e imaginou uma perseguição policial e resolver, incentivado por outra morte recente, matar a menor para jogar a culpa na polícia? Não é fato isolado, eles realmente matam quem quer que seja nas comunidades e, se a polícia estiver presente, melhor ainda. Os FDP dos direitos humanos agradecem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário