quinta-feira, 27 de abril de 2017

Já tá dando na pinta PSOL


Policiais são chamados de assassinos em audiência pública, circo formado por Marcelo Freixo para desmoralizar a PM.


video

Alguém já se deu conta de quantas toneladas de cocaína e maconha entram no Rio de Janeiro por mês?
Alguém já se deu conta de quantas armas de guerra e munições chegam nas favelas toda semana?
Alguém já se deu conta que no RJ, há mais de cinco mil homicídios dolosos por ano, praticados por marginais da lei?
Agora alguém me responda por favor, qual a razão do Ministério Público do RJ se dedicar tanto a investigar e prender policiais?
#EstamosSozinhos
Major Elitusalem Freitas.


video
Major PMERJ Elitusalem Gomes Freitas


Qual o interesse de partidos de esquerda estarem sempre protestando, reclamando e acusando a PM e nada comentam sobre centenas de marginais armados de fuzil, metralhadoras, bazucas e granadas nas comunidades? A insistência deles já tá dando na pinta. 


Todo esse empenho do PSOL e outros partidos em sair atacando a polícia e defendendo a descriminalização das drogas e sem mencionar em momento algum o perigo dos “terroristas” fortemente armados blindados dentro das comunidades do Rio de Janeiro, nos leva a ter certeza de seu envolvimento com o tráfico ilícito. Seu maior interesse nessa “descriminalização” está na diminuição de custos e aumento de arrecadação com o tráfico ilícito, já que o traficante passaria a ser um mero contrabandista e o viciado não compraria sua droga nos estabelecimentos oficiais com preços altamente taxados com os impostos. Logicamente o tráfico vai faturar muito mais com seus preços competitivos e sem o rigor da lei sobre tráfico de drogas. Assim como acontece com o camelô que vende cigarros contrabandeados do Paraguai nas ruas do Rio de Janeiro e do Brasil.
É muito evidente para que quiser saber sobre a origem da principal facção criminosa do Rio de Janeiro, há um acordo selado desde a década de 70 com os personagens dos partidos de esquerda.


O BOPE pedindo prioridade?
Tráfico de drogas internacional é problema de atuação da Polícia Federal!

Se você tem uma das melhores equipes do mundo que não consegue assegurar instalação de um imóvel do Estado (cabine blindada), tendo este efetivo teve que “bater em retirada” do “front” com componentes alvejados, é hora de repensar conceitos e aceitar a condição de guerra declarada contra o Estado.

Se um partido inteiro tem praticamente toda sua existência pautada na defesa de bandidos e drogas, desconfie! Isso é coisa do mal! É defesa de políticas pró morte e seus representantes são reflexo dessa estratégia nefasta. São dissimulados, mentirosos, manipuladores e principalmente "lobos em pele de cordeiro".

3 comentários:

  1. De fato se combater e dá providencias aos usuários de drogas essa guerra está perdida.

    ResponderExcluir
  2. Defender vagabundo é fácil, desculpe-me, pessoas a margem dá lei.
    Combater o erro defendendo o erro de traficante, vergonha.

    ResponderExcluir
  3. Agora alguém me responda por favor, qual a razão do Ministério Público do RJ se dedicar tanto a investigar e prender policiais?
    O Lula fala a mesma coisa.

    ResponderExcluir