terça-feira, 4 de abril de 2017

Um outro "Amarildo" em preparação.



Segundo informes de moradores, ela namorava rapaz (vagabundo) de facção rival, os dois que foram mortos pela PM a executaram. Os policiais estavam próximos e, surpreenderam os assassinos. O Diretor da escola havia afirmado que ela era uma menina "difícil", mas devido ao trabalho na área esportiva, estava conseguindo recuperá-la. Mas daí a ser uma atletas com essa penca de medalhas de R$ 1,99 já é uma grande distancia, que certamente foi orquestrado pelos mesmos que almejam conseguir lucro com a morte de Maria Eduarda, como já fizeram antes com outro personagem (Amarildo).



O projétil disparado da arma da polícia tem um poder mágico de transformação. Assim que atinge o alvo e mata um marginal, imediatamente o converte em:
-Auxiliar de pedreiro
-Pai de família
-Trabalhador
-Servo de Cristo
-Coitadinho
-Filho exemplar
-Estudante dedicado
-Vizinho maravilhoso
-Ser divino
-Anjo de luz
ALELUIA IRMÃO!

Comunidade a serviço do crime, não vem com essa que 95% é trabalhador, só se for “trabalhador” do tráfico. O que fazem pelo Disque Denuncia? Fazem porra nenhuma!
A “imensa” maioria de cidadãos honestos das comunidades , se de bem, deveriam se mobilizar de alguma forma, organizadas pelo poder popular ou público.

Repentinamente eles saem de seus gabinetes, de onde orquestram a bancarrota do ensino público, e se transformam em acusação, peritos e juízes. Acusam sem conhecimento de causa, apresentam questões periciais que não lhes competem e condenam quem exercia seu dever legal de defender a sociedade.


Marcelo Freixo estará no Rio com o socialista e Secretário Municipal de Educação de Marcelo Crivella, Cesar Benjamin, arrasando com a PM, recebendo a Comissão de direitos humanos da OAB-RJ comunista. Receberão os familiares de Maria Eduarda, morta pelo tráfico, um novo “Amarildo” está sendo criado. A finalidade é sempre a mesma, conseguir arrecadar o máximo possível de dinheiro para depois dar uma volta na família como fizeram com os familiares do Amarildo.
Destroem a polícia! Cesar Benjamin disse que foi ao IML e ela teria recebido não três, mas quatro tiros. Isso foi execução secretário! Quatro balas “perdidas” no mesmo corpo é duro de engolir.

Algumas das forças as quais os policiais lutam:
1- Bandidos
2- Armas defasadas e defeituosas
3- Mídia socialista da GLOBO/CNN.
4- Comandantes e Secretários de Seguranças vendidos politicamente
5- Direitos Humanos da OAB e ALERJ
6- Políticos comunistas
7- Medidas federais que restringem atuação
8- Punições tendenciosas
9- Não reconhecimento de estado de guerra
10- Salários defasados, atrasados e falta de amparo aos seus familiares

Existem outras razões, mas estas 10 acima demonstram a dor e o sacrifício daqueles que dão suas vidas por nós. Freixo parece ser por seus atos um entrave a qualquer policial ter chance de um julgamento justo.
Os policiais que atuam nesta área vivem em plena guerra, em guerra real. A legislação tem e deve se adequar a esta realidade que já é antiga no Rio de Janeiro, é MATAR morrer.

video


Em seus cursos de formação o combate urbano já é matéria em uso, aliado a combate terrestre. No combate terrestre o objetivo principal é a total destruição do inimigo, o qual a legislação teima em qualificar de “oponente”.

2 comentários:

  1. enquanto o povo nao for de verdade para rua pedir intervençao militar isso vai continuar e os politicos nao vao mudar nada isso e um trincheira para eles e os direitos humanos que sao todos esquerdista quem apoia esse tipo de coisas para se manter no poder e tudo uma farsa para enganar o povo so indo para as ruas e parar o paiz para a entrada das FF.AA

    ResponderExcluir
  2. Sem contar com o gritante desvio de função fundamental, pois não é da competecia da PMERJ "FORÇA AUXILIAR" o combate direto à Nacotrficantes de Drogas Internacionais..e sim a Legítima Defesa da Sociedade e Cidadãos pagadores impostos altíssimos que só podem contar com as UOPs com parco efetivo devido esse direcionamento de praticamente todo efetivo para locais isolados, onde o domínio do poder paralelo se dá através de Robbin Woods do Tráfico que ocupam o espaço das Prefeituras Omissas e que agora querem blindar as Escolas nessas localidades como Donalds Trumps Cariocas!!!

    ResponderExcluir