sexta-feira, 21 de julho de 2017

Insegurança Pública


Quando não se quer resolver um problema, reúnem-se os governantes. Tiram fotos e dizem estar discutindo o problema. Depois, uns jogarão culpa nos outros e a população vai seguir à mercê do banditismos guerrilheiro instalado no Rio.
Segurança é responsabilidade de todos e principalmente das três esferas de governo. O crime tem que ser confrontado, combatido sem concessões.
video
O clima é de guerra e numa guerra, as ações não podem ser normais.

Policiais não podem ser caçados e mortos sem uma reação do Estado de forma estruturada e com o devido uso de força letal. Quem com ferro fere, com ferro deve ser conferido.
É preciso que as polícias, em conjunto com as forças armadas, atuem de forma integrada e organizada para prender e desarmar os bandidos fortemente armados que subjugam a população das comunidades carentes e os moradores do asfalto.
Ações cirúrgicas e pontuais devem ser desenvolvidas para extirpar esse câncer social.

Só com o esforço conjunto utilizando inteligência, massa e força é que teremos condições de reverter essa situação de calamidade pública.
Marcelo Itagibadelegado da Polícia Federal, ex-secretário de Segurança Pública do Estado do Rio e ex-deputado federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário