segunda-feira, 24 de julho de 2017

Orgulho PMERJ!


Não são os policiais o orgulho da nossa PMERJ! É certo que, devido as mazelas do governo, extrapolam seus deveres, se submetendo ao risco de morte diário e que diariamente lhes ceifam vidas.


Mas vejo com orgulho maior as mulheres, viúvas e parentes que constantemente estão se manifestando pela vida de seus maridos, pais, irmãos sem serem ouvidas nem por eles.

Neste domingo em Copacabana me surpreendi com a quantidade, que chegou a cerca de 800 participantes, mas, como das outras vezes, me decepciono com a ausência dos maiores interessados e beneficiados pelo ato realizado, o policial militar.


Os homens e mulheres que ousam enfrentar bandidos fortemente armados com armas novas de ultima geração com seu ultrapassado arsenal sem manutenção, falhando sempre, e as viaturas caído aos pedaços precisando ser empurradas para pegar no tranco, se acovardam ou não dão valor ao que essas mulheres estão fazendo por eles.

Em seus discursos elas pedem, imploram a presença do policial militar, mas poucos vão.


Similar ao ocorrido nos bloqueios aos quartéis, os “Pexôtos” criticavam o que elas faziam, corroborando com as atitudes violentas tomadas contra elas.

Pelas redes sociais PMs estão clamando por suas vidas, estão se considerando heróis, clamam pelo apoio da sociedade; Mas...............Cadê eles? São desunidos, deixam mulheres sozinhas clamarem por eles?


Sinceramente? Toda vez digo que foi a ultima, mas havendo outras estarei presente. Só ver essas mulheres, orgulho e glória, me é suficiente comparado a decepção com a ausência do policial militar.


E a fila continua andando, durante o evento o cartaz com o numero de mortos teve que ser atualizado. E o PM , ainda vivo, não entende que  ele É o próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário