sábado, 26 de agosto de 2017

"Os fins justificam os meios"


Vislumbrando a insatisfação dos policiais e bombeiros militares (praças) com os abusos na aplicação dos Regulamentos Disciplinares, a esquerda, que sempre desejou a desvinculação destas Corporações do Exercito Brasileiro, iludiu os militares dos estados com o argumento que os regulamentos seriam extintos, pelo menos no rigor. Mas omitiram que em outra corporação desmilitarizada, a hierarquia e disciplina também estariam presentes e sendo usadas com abuso, já que o efetivo seria o mesmo, oficiais subservientes ao governo e comandados que não ousam se opor à ilegalidade.


Diante dos entraves nesta “desmilitarização” (PEC 51/2013), que precisa passar por uma Emenda Constitucional, nada mais oportuno que acabar com as polícias de dentro para fora, ou seja, exterminando seu efetivo. De 1995 até hoje, 2.831 policiais foram assassinados no Estado do Rio de Janeiro, somando-se a outros milhares inutilizados para o serviço, um excelente argumento para o fim das Corporações. O desestimulo para os novos que desejariam ingressar e um estimulo para a evasão dos que já estão dentro.

Comunidades inteiras doutrinadas contra a atividade policial e a favor dos “meninos” do tráfico.

video
Reparem como os moradores destas comunidades tratam com a morte do policial

O direito natural é aquele contido na lei mosaica do Velho Testamento e no evangelho). Desta concepção do direito natural como direito de inspiração cristã derivou a tendência permanente no pensamento jusnaturalista de considerar tal direito superior ao positivo. Esta superioridade é afirmada pelo próprio Decretum Gratiani, logo depois da passagem citada:
“Dignitate vero jus naturale preaponi tur legiti bus ac constitutioni bus acconsuetudinibus".


A lei não pode sobrepor ao Direito Natural de Sobrevivência, este está acima das leis dos homens, sendo uma Lei de Deus. E que Deus tenha piedade da sociedade fluminense, assim como ela não teve com seu ultimo escudo de defesa, quando eles despertarem para esta verdade.


"100 Policiais ASSASSINADOS no Rio em 2017... Parabéns pra você que defende político bandido, parabéns pra você que defende vagabundo" VOCÊ TEM SANGUE NAS MÃOS!
01/01/2017 Antônio Carlos Paiva Nunes
01/01/2017 André William Barbosa de Oliveira
02/01/2017 Francisco Assis de Aguiar
02/01/2017 Cleiton William Santos de Freitas
04/01/2017 Jefferson Martins Pedra
05/01/2017 Marcelo Abdalla Neder
07/01/2017 Cássio Ferreira
08/01/2017 Glória Fabiane de Souza Melo
09/01/2017 Federal Marzio Deon Resende
10/01/2017 Daniel Cavalcante da Silva
12/01/2017 Sandro Mendes de Lyra
13/01/2017 Fábio Magalhães Teixeira
15/01/2017 Cristiano da Anunciação Macedo
18/01/2017 Cosme Rodrigues de Souza Júnior
19/01/2017 João Máximo Guimarães Rodrigues
22/01/2017 Amauri Pena
24/01/2017 José Luiz Macedo Zandomingos
25/01/2017 Renato Alves da Conceição
27/01/2017 Artur Fernando Ribeiro Moura
27/01/2017 Roque Medeiros Fonseca Júnior
30/01/2017 Evaldo Fernandes da Silva
31/01/2017 Carlos Elias dos Santos Vasconcellos
31/01/2017 André Luiz de Araújo
05/02/2017 Eduardo Ribeiro Paraguai
07/02/2017 Tiago Bispo dos Santos
10/02/2017 Wallace Guimarães de Souza
10/02/2017 Nielson do Carmo Costa
11/02/2017 Gemerson Augusto Chaves da Silva
13/02/2017 Renault Ferreira Feitosa
14/02/2017 Márcio Leandro do Nascimento Marins
21/02/2017 Michel de Lima Galvão
23/02/2017 Thiago de Oliveira Lance
26/02/2017 Rodrigo Severo
26/02/2017 Ricardo Feitos
09/03/2017 José Luiz da Silva Filho
12/03/2017 Luiz Alberto do Couto Neves
15/03/2017 Roberto Soares Santanna Júnior
16/03/2017 Renato César Jorge Cardoso
16/03/2017 Gabriel Brasil Soares
18/03/2017 Luiz Carlos Sampaio Silva Mendes
19/03/2017 Eli Barbosa dos Santos
20/03/2017 Samuel Oliveira da Silva
22/03/2017 Gilmar Rapozo
24/03/2017 Dilson Medina Soares
26/03/2017 Gastão Pedro Gama Carmo
28/03/2017 Antônio Gonçalo dos Santos Filho
29/03/2017 Fernando Santos Andrade e Silva
29/03/2017 Fábio de Oliveira Melo
30/03/2017 Almir Tadeu Alves de Oliveira
01/04/2017 Gilberto Guimarães Pereira Corrêa
04/04/2017 Anselmo Alves Júnior
04/04/2017 Sérgio Cordeiro da Silva
06/04/2017 Walter Pegas de Oliveira
07/04/2017 Benedito José Alvarenga da Silva
09/04/2017 Luís Otávio da Silva Júnior
09/04/2017 Anderson de Azevedo Marques
15/04/2017 Carlos Roberto da Silva Ribeiro
20/04/2017 Paulo Rogério Cappola
23/04/2017 Márcio José Deodato
24/04/2017 André Luiz Perez Fernandes
25/04/2017 Giovani Guimarães Lemos
27/04/2017 Carlos Alberto Domingos da Silva
28/04/2017 Alex Sandro da Silva Viana
29/04/2017 Albert Souza Ferreira
02/05/2017 Almir Oliveira de Mattos
05/05/2017 Marcos Braz de Moraes
08/05/2017 Flávio Bruno Braga Galdino
11/05/2017 Marcos Vinícius Borges Santana
12/05/2017 Emílio de Jesus Monteiro
12/05/2017 Valmir dos Santos Tavares
18/05/2017 Rafael Carvalho Alves Pinheiro
19/05/2017 João Vitor da Silva Pereira
27/05/2017 Daniel dos Santos e Silva
01/06/2017 Rubens Nei Bernardo Venceslau
02/06/2017 Gláucio Luiz Gonçalves Carvalho
10/06/2017 Thiago Araújo Cardoso de Sá
11/06/2017 Evandro Luiz Ferreira
14/06/2017 Franciene Soares de Souza
14/06/2017 Caio Fernando Guimarães Netto
15/06/2017 Milton Carlos Alves de Oliveira
17/06/2017 Ewerton Hudson Bispo da Rocha
29/06/2017 Márcio Rodrigues de Castr
30/06/2017 Rafael Cássio Campos de Abreu
01/07/2017 Leandro Nascimento Thasmerão
02/07/2017 Olivar Teixeira dos Santos
06/07/2017 Hélio Cardoso Fonseca
14/07/2017 Cléber de Castro Xavier
17/07/2017 Thiago Marzula de Abreu
17/07/2017 Bruno dos Santos Oliveira
21/07/2017 Fabiano de Brito e Silva
23/07/2017 Hudson Silva de Araújo
29/07/2017 William dos Santos Pinto
04/08/2017 Márcio Thomé Ribeiro
05/08/2017 Anderson Dias Pereira
09/08/2017 Silvio César Lopes da Silva
11/08/2017 Samir da Silva Oliveira
11/08/2017 Bruno Guimarães Buhler
12/08/2017 Vaine Luiz dos Santos Ferreira
12/08/2017 Elisângela Bessa Cordeiro
22/08/2017 Thiago Rodriguez da Silva
24/08/2017 Mabel Machado Sampaio Neto
26/08/2017 Fabio José Cavalcante e Sã

Até quando? #BASTA 


Nenhum comentário:

Postar um comentário