sábado, 23 de setembro de 2017

Freixo! Tá dando na pinta.

E de repente, quando as Forças Armadas estão para entrar em cena, aparece a figura de Marcelo Freixo. Não no cenário de guerra, mas fazendo seus videozinhos para idiotas verem e nas redes sociais.


Já deu na pinta! Antes ele não deu as caras, nenhum pronunciamento quando só traficantes estavam violando o direito dos moradores da Rocinha, nenhum pronunciamento pelas diversas pessoas incineradas na comunidade. Por que Freixo?

video

A resposta está em suas próprias palavras postadas em redes sociais: "A Comissão de Direitos Humanos está acompanhando de perto o caso. Parte de nossa equipe mora inclusive na Rocinha". 
Então, ficou difícil ele acompanhar o que aconteceu antes, já que parte de sua comissão deveria estar empenhada no conflito, com fuzis e pistolas.

Freixo, como na campanha para Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, pensa ou finge pensar que as suas soluções são viáveis numa guerra, uma lanterna, uma bandeira branca e uma canção qualquer que fale de paz.

Felizmente a grande parcela da população atenta vê, comenta e repudia essa política de Freixo voltada para quem lhe concede votos, não se importando em nada com as consequências para a sociedade num todo.
Alguém tem algum registro de Marcelo Freixo numa comunidade ou presidio que não seja dominado pela facção criminosa CV?


Com a mídia influenciando as ações das forças militares no combate ao crime organizado, corre o risco de jogarem as Forças Armadas no limbo da desmoralização, assim com fizeram com a Polícia Militar.
Se não tiver um mandado de busca e apreensão coletiva pra varrer a favela, e não aparecer alguém com coragem pra dar a ordem pra "sentar o dedo nessa porra", É isso que irá acontecer a médio prazo.
Todo mundo sabe como se resolvia o problema do crime.
A questão é que não se pode mais tocar no vagabundo!

Sargento Roberto Santa Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário