quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Rede Globo x Temer


O portal O Dia noticiou que o presidente Michel Temer enviou o ministro Moreira Franco para conversar com a cúpula da TV Globo há dois meses para entender os motivos da emissora ter promovido um ataque tão acintoso contra seu governo.
A emissora não demonstrou interesse em esclarecer os motivos da mudança repentina na linha editorial, dando a entender que a campanha teria continuidade.
Segundo a reportagem, não restou outra alternativa ao governo a não ser uma declaração de guerra. Na sequência, Temer determinou um levantamento completo e a execução de eventuais dívidas da emissora com a União, como impostos em atraso e financiamentos no *BNDES*.
A Globo reagiu imediatamente e no contra-ataque determinou a aproximação de seus principais executivos com o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na tentativa de fazê-lo Presidente da República.
São constantes as conversas de Maia com o vice-presidente de relações institucionais da Globo, Paulo Tonet. Eles almoçaram juntos domingo passado, revelou a Coluna.
A Emissora não vai desistir de derrubar o governo Temer. Não se sabe bem ao certo qual seria o motivo da Globo se expor de forma tão vergonhosa numa campanha sórdida para interferir no processo eleitoral do país.
Fontes internas garantem que a direção da Globo está sofrendo pressão de grupos políticos da oposição. Há quem diga inclusive que os donos da Globo estão sendo chantageados com a ameaça de um escândalo de proporções épicas. Somente algo muito grave justificaria a campanha suicida da emissora que vem perdendo a credibilidade junto aos formadores de opinião no país.
Outras fontes do mercado apontam a dificuldade que a emissora estaria enfrentando para obter recursos junto ao BNDES.
“Eles nunca foram críticos do uso do banco público para financiar empresas bilionárias como a JBS, as empresas X do Eike Batista e a própria Globo. Agora que a torneira foi fechada, descobriram que não conseguem manter o “padrão” sem a ajuda do Estado e estão com saudades dos governos petistas”, afirma um analista de mercado.
Na guerra de informações, há quem afirme que a Globo estaria desesperada com a possibilidade de perder o controle da sucessão presidencial de 2018, caso Temer permaneça no poder e consiga conduzir a transição democrática do país.

O real temor da Globo é que nomes indesejáveis para ela como o de *Jair Bolsonaro* ganhem força na disputa, e dessa forma a torneira do BNDES se feche de vez. Além da censura à toda putaria que a Globo vem passando para nossas famílias há décadas como pedofilia, apologia às drogas, prostituição, anti-cristianismo, pederastia, movimento racista negro, desrespeito aos pais, ódio ao empreendedorismo, apoio ao bolivarianismo na Venezuela, defesa de marginais, menosprezo aos policiais etc.
Dessa vez a Globo terá que renovar seu pacto com o diabo, e pelo visto, o bode a ser sacrificado terá que ser bem grandão!


2 comentários:

  1. Sensacional ... vamos divulgar ao maximo

    ResponderExcluir
  2. O Bode pode ser o bafomed??

    ResponderExcluir