quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O assunto é Bolsonaro Presidente.


Fico decepcionado com “intervencionistas”, supostamente de “Direita”, estarem todo dia tentando destruir a imagem de Jair Bolsonaro. Fazem direitinho o jogo da esquerda que tem entre suas metas destruir o único candidato de Direita e com chances de levar em primeiro turno a eleição para Presidente em 2018. Portanto, este blog se volta exclusivamente para a candidatura de Jair Bolsonaro, pois considera que Brasileiro que Ama sua Pátria é um cabo eleitoral desprovido de interesse financeiro para que uma verdadeira INTERVENÇÃO Democrática se realize.



Dizem que Bolsonaro em suas quase três décadas de mandato nada realizou, mas se esquecem que nada poderia realizar com uma Câmara desprovida de compromisso com a Nação, só com seus próprios interesses. Uma meia dúzia de parlamentares dentre mais de cinco centenas o apoiam, isso mostra que ele é a pessoa certa tendo em vista a avaliação que temos do Congresso Nacional.


Contrariando o que alguns “intervencionistas” propagam, Bolsonaro é bem quisto e bem visto no meio militar, sua eleição à Chefia do Executivo Nacional se confunde com INTERVENÇÃO, já que com este Congresso reeleito, não conseguiria governar, só sendo mais um corruptor ou um ditador que governasse por Decretos, o que lhe causaria um impeachment em tempo recorde.



Em conformidade com o que reza na Constituição Federal do Brasil, quem tem o poder de pedir uma Intervenção são os Chefes do Executivo, do Legislativo e do Judiciário. Então, estamos no caminho certo com o apoio a Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.


Lembram quando, numa entrevista, General Mourão foi questionado se havia alguma possibilidade dos militares voltarem ao Poder? Ele respondeu: SIM! Se eleito. O único militar com essa possibilidade é Jair Bolsonaro.

Bolsonaro tem programa de governo? NÃO? Ele é a Intervenção!

3 comentários: