domingo, 18 de fevereiro de 2018

Coronel PMERJ aponta os culpados!


Parabéns a toda a oficialidade da PM que, na ultima década, com sua incompetência, condescendência com toda sorte de desatinos por parte da “tropa”, melhor seria o emprego do vocábulo (bando), concorreu de forma decisiva para a Intervenção federal, fundada no grave comprometimento da ordem pública.


Agora passarão a ser comandados por coronéis do Exército Brasileiro, fato inédito na história das PMs da federação, desde a instauração da nova República, em 1988.


Há anos que venho proclamando o caos na Segurança Pública do Rio de Janeiro, desde que inaugurada, em 2009, a oxigenação.

Parabéns aos comandantes anarquistas, que nos últimos 10 anos institucionalizaram a baderna na Corporação, desmantelando a estrutura organizacional. A vocês hipoteco meu total desprezo.


Que sejam bem vindos os comandantes do Exército que assumirão os Batalhões da PMERJ. Há muito a PMERJ precisa entrar em forma, ter mais deveres e menos direitos. Afinal, o interesse público é preponderante. Quem faz a diferença são os homens! Vocês fizeram o pior e colherão os frutos.
Sentido! Cobrir! Firme! Não mexe mais! É isso que vocês precisam, é isso que vocês merecem.

Auguro que os novos comandantes do Exército sejam extremamente rigorosos na condução da PMERJ.


Coronel PM RR Lopes 

2 comentários:

  1. Ele deveria se olhar no espelho e então veria um omisso e opressor,que só via a corrupção na base da piramide.Seus pares roubando o Hospital da PM,comprando ração para cavalos a preço de ouro,superfaturando equipamentos e dando alimentação indigna para seus comandados em grandes eventos, vide o Carnaval e ninguém detectou!!! A Carta Magna sempre foi desprezada, quando era para garantir o direito da raia miúda à cidadania. Talvez agora com a intervenção e o comano do nobre EXERCITO BRASILEIRO, a raia miúda,digo, os Praças tenham agora a noção de que possuem direitos,pois só conheciam os deveres.

    ResponderExcluir
  2. Os batalhôes serão todos comandados por coronéis EB ?

    ResponderExcluir