quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Que tal pensar no Brasil?


O POVO NÃO LEGITIMOU AS FORÇAS ARMADAS NAS RUAS, SÓ VIMOS POUCAS DEZENAS E NO MÁXIMO UMA CENTENA. ENTÃO TERÁ QUE SER NO VOTO.


A INTERVENÇÃO MILITAR JÁ ESTÁ ACONTECENDO E SE CONCRETIZARÁ NAS ELEIÇÕES - OS RECADOS JÁ FORAM DADOS. O PERCENTUAL DO HOMEM VERDE OLIVA É ALTÍSSIMO - COMO TER UMA FRAUDE DESSE PORTE, COM UMA DISTÂNCIA DE 40% ENTRE CANDIDATOS ?

EM 2018 A TEORIA DAS TESOURAS NÃO VAI FUNCIONAR. E MESMO SE HOUVER FRAUDE APESAR DO NOSSO GRITO POR URNAS DE LONA E VOTO EM CÉDULA, ISSO CAUSARÁ UMA CONVULSÃO NACIONAL. 


NOSSA PF E NOSSAS FORÇAS ARMADAS NÃO ENTREGARÃO O NOSSO PAÍS. CABE A NÓS ELEGERMOS OS MILITARES, COMO O GEN MOURÃO DISSE : "SERMOS ELEITOS" "SERMOS ELEITOS". 

Ricardo Gomes

#INTERVENÇÃOMILITARPELOVOTO
#FIMDAESQUERDASOCIALISTA

Nas eleições de 2014, num universo de 144 milhões de eleitores, 44,6 milhões praticaram o BAN. Dilma teve 55,7 e Aécio 43,7 milhões de votos, sendo destes, um percentual grande da Direita que queria pelo menos uma mudança. Portanto, o BAN (brancos, abstenções e nulos), praticado por "intervencionistas" é um forte aliado dos "Globalistas", é um "trunfo" a ser usado na continuidade do atual cenário.

Um comentário:

  1. Ainda bem q o Aécio não ganhou e a Dilma foi destituída. Agora falta cair o Temer.
    E muitos desses que vão votar é porque têm cargos comissionados ou se beneficiam de ONGs e não querem perder a molezinha. A pessoa q rala, sem depender do governo pra nada (nem pra prvidência, paga privada) não quer contato nenhum com as coisas estatais, inclusive com as urnas.
    Os governos brasileiros só querem que o povo pague seus impostos, vote e cale a boca.

    ResponderExcluir