sábado, 12 de maio de 2018

Bolsonaro é favorito no Estado do Rio


Eleição presidencial: pesquisa aponta que Bolsonaro é favorito no Estado do Rio, com ou sem Lula

O deputado Jair Bolsonaro é o pré-candidato à Presidência da República que mais se destacou no levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas sobre intenção de votos dos eleitores fluminenses. No cenário em que os ouvidos na pesquisa tinham também como opção o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o parlamentar do PSL alcançou 25,1% da preferência, enquanto o petista ficou em segundo lugar, com 21,5% — um empate técnico, levando em consideração a margem de erro de 2,5% para os resultados gerais.
Ao todo, foram ouvidos 1.850 eleitores em 44 municípios do Estado do Rio, divididos em grupos por sexo, faixa etária a partir de 16 anos, grau de escolaridade e nível econômico. As entrevistas aconteceram entre os dias 4 e 9 de maio deste ano, período em que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa ainda não havia decidido se participaria ou não do pleito em outubro, aparecendo, por isso, nos vários cenários expostos pelo instituto. 
Pesquisa com LulA

Na lista de pré-candidatos apresentada com o nome de Lula, a terceira colocação ficou com Marina Silva (Rede), com 9,7% dos votos. Barbosa surgia, então, em quarto lugar, com 9,4%, seguido por Ciro Gomes (PDT), que recebeu 7,0% das indicações — todos tecnicamente empatados. Quando o cenário foi apresentado sem Lula, houve poucas mudanças no quadro. Na migração dos votos de Lula, Marina Silva foi a que mais cresceu entre os primeiros colocados, subindo para 13% (alta de 3,3%). Ciro Gomes alcançou 9,9% (2,9% a mais). Mas o fato é que a situação ficou ainda mais confortável para Bolsonaro, que não só se manteve em primeiro como também teve acréscimo de votos, chegando a 27,4% (alta de 2,3%). 

Pesquisa sem Lula


Outro dado relevante é que, na exposição com Lula, o número de eleitores que preferiu não votar em ninguém foi de 11,3% entre os entrevistados. Quando Lula sai da disputa, esse número salta para 17,1%, um aumento de 5,8% entre as pessoas que passariam a não votar em nenhuma das opções oferecidas.
Perfil dos eleitores
Temer x Meirelles 
O presidente Michel Temer também é mencionado nos cenários acima, recebendo 2,2% dos votos quando Lula não aparece na lista e 1,2% com o pré-candidato do PT. O Instituto Paraná Pesquisas também quis saber como seria o desempenho da outra opção do MDB, Henrique Meirelles. 

O ex-ministro da Fazenda do atual governo foi colocado, então, no lugar de Temer e numa lista em que o ex-presidente Lula também não foi incluído. Nesse cenário, Meirelles recebeu 1,6% das intenções de votos, ficando empatado com a candidata do PCdoB, Manuela D’Ávila; e à frente apenas de João Amoêdo, fundador do Partido Novo e ex-executivo do Itaú, que fi cou com 1,2% das preferências; Flávio Rocha (PRB), dono da Riachuelo, com 0,7%; e o lanterna da pesquisa, o economista carioca Paulo Rabello de Castro (PSC), ex-presidente do BNDES, que obteve 0,1% dos votos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário