terça-feira, 29 de maio de 2018

Etchegoyen diz que intervenção militar é assunto do passado


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Sergio Etchegoyen, disse terça-feira (29) que intervenção militar “é um assunto do século passado”. O ministro participou de reunião do Grupo de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento, no Palácio do Planalto, quando informou também sobre a prisão de manifestantes no Maranhão que faziam bloqueio de estradas.

“Vivo no século 21. Meu farol que eu uso para me conduzir é muito mais potente que o retrovisor. Não vejo nenhum militar, não vejo Forças Armadas pensando nisso. Não conheço, absolutamente”, disse o ministro ao ser questionado sobre manifestações a favor da intervenção militar no país. E completou “Eu vivo no século 21, quero construir um país, como todos militares queremos construir”.

Ação de oportunistas
A reunião do Grupo de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento teve a participação de ministros de diferente áreas para discutir a situação do país após as negociações para encerrar o protesto dos caminhoneiros pela alta dos combustíveis. Segundo Etchegoyen, a avaliação desta terça-feira (29) é que o problema é menos os caminhoneiros e mais a ação de “oportunistas” que atrapalham a retomada da normalidade.

Jornal do Brasil

O Exercito Brasileiro não vai se lançar numa aventura como uma Intervenção Militar com tomada abrupta do poder sem respaldo suficientes que justifiquem isso, e esse respaldo não é visto nas reações do brasileiro. Vários Generais já se manifestaram a respeito, inclusive sobre as eleições e colocando seu ponto de vista sobre um pré candidato militar à Presidência da República. 


Os que teimam em não entender o que está sendo proposto, que teimem em queimar o pré candidato e incentivar o BAN (votos em branco, abstenções e nulos) nas próximas eleições que se aproximam. A direita é maioria, mas, com esse ponto de vista, a esquerda vence fácil.

4 comentários:

  1. A Direita Vençe facil, 35 partidos comunistas a Ricardo se é um brincalhão, Urnas Fraudulantas apuração secretas
    A Vá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, se estou brincando os números não brincam.Num universo de 144 milhões de eleitores, 66% são de direita e, destes 66%, 2/3 cometem o BAN. Portanto caia na real!

      Excluir
  2. DISCORDO MOÇO, os INTERVENCIONISTAS são pessoas honradas de nível cultural, patriotas , lutam pela Ordem e Progresso do Brasil e odeiam os COMUNISTAS CORRUPTOS.

    1) Intervencionistas NÃO SÃO VAGABUNDOS OCIOSOS.
    2) NÃO Fazem manifestações em horário de trabalho ou dia útil;
    3) NÃO praticam atos de terrorismos;
    4) NÃO SÃO AMEAÇADORES e nem portam armas ou foices;
    5) NÃO obstruem estradas com barricadas ou queimam pneus;
    6) SÃO PACÍFICOS E DEFENDEM A PATRIA AMADA.

    INVESTIGUEM QUEM SÃO ESTES ABUTRES, BANDIDOS VIOLENTOS, DEPREDADORES, AMEAÇADORES E INFILTRADOS: PERFIL CLARO DE MILITANTES RADICAIS DO PT, CUT, MST, MSTT, PC do B, PSOL, PSTU, PDT etc....

    ResponderExcluir
  3. Parabéns 🎊 por sua explanação,José Carlos Cidreira!

    ResponderExcluir