terça-feira, 29 de maio de 2018

SOU SEXY … SEXAGENÁRIO


De repente você acorda sexy. Passa um filme em sua cabeça, sessenta anos de tela, um curta metragem, ou melhor, um trailer. Fui tudo muito rápido. Uma amostra do que a vida deveria ser. Tudo foi ontem.
Tenho a impressão de ter todas as idades ao mesmo tempo, como se o tempo nem existisse.
Agora sou minoria. Privilegiada ou perseguida, não se sabe direito, como em toda minoria. Já tenho um estatuto próprio, o Estatuto do Idoso. Sinto-me muito protegido, parece que um IBAMA paira sobre minha cabeça come se eu fosse uma espécie em extinção.
Dizem que estou na terceira idade. Acho essa divisão meio estranha. Para benefícios que não custam nada tenho privilégio, mas para outros como isenção parcial de imposto de renda, ônibus. metrô e outras coisas grátis, vou ter de esperar mais um pouco.
Mas já posso furar filas e tomar vacina contra gripe. Você já reparou a lerdeza das filas de idosos em supermercados? É que todos querem passar receitas (médicas ou culinárias) para o caixa, ou pior ainda, resolvem facilitar o troco. Duas horas para achar moedinhas.
Dizem também que o sexy está na ““ melhor idade”. Acho puro eufemismo. A garotada da rua diz que estou é velhinho mesmo.
Mas o melhor da idade são os direitos que a vida me conferiu, independente de qualquer Estatuto.
Agora eu já tenho o direito de falar e escrever errado, ser mal educado, dizer tudo que me passa na cabeça. Falar palavrão, esquecer compromissos, andar mal vestido, comer de boca aberta,sentar no banco da praça e estou proibido apenas de uma coisa: PASSAR VONTADE.

Um comentário:

  1. Na verdade, ser idoso é, antes de mais nada, uma Bênção de Deus! Aplausos para todos nós.

    ResponderExcluir