terça-feira, 10 de julho de 2018

Governo fraco, general de "férias",

O "Partiu Guerra" a cada dia faz mais falta


Me recordo muito bem quando numa noite de 2004 um comboio do Getam foi atacado na Avenida Brasil, na altura do complexo da Maré e naquela noite fatídica perdíamos o Ten Gabriel Idalino dos Santos!
Hoje 14 anos depois a cena se repete e choramos a morte de mais um companheiro de farda: o Sd Rodrigo Passos Soares que aos seus 29 anos, idade próxima a do Ten Gabriel a época também teve a vida ceifada por marginais daquele lugar!
Nesse dia/dia não há mais o que pensar, é matar ou morrer! Fiquemos com a primeira opção.

Duas análises sobre o fato:
Mesmo com toda tecnologia de blindagem automotiva, NÃO HOUVE INTERESSE do Estado em promover a proteção dos veículos da Polícia, proteção essa que salvaria a vida do nosso irmão de farda!
E que o tempo passou, os marginais ganharam força, adquiriram mais armas e proteção política, ao ponto que queiramos fazer uma "limpeza" no complexo da Maré e fomos impedidos pelo "politicamente correto"!
Se tivesse havido o "partiu guerra", ele e outros poderiam voltar para suas famílias!
#RIPSdSoares
#EOGeneralDeFérias
#GovernoFraco


Esta GUERRA declarada, com inimigos internos e externos, terá outro campo de batalha, as Casas Legislativas Federal e Estadual bem como o Executivo do Rio de Janeiro!

Por falar em blindagem, embora haja Projeto de Lei em tramitação na ALERJ, de autoria das Deputadas Aparecida Gama e Graça Matos, desde o ano de 2004, até hoje policiais estão morrendo dentro das viaturas sem blindagem por ocasião de ataques de bandidos/terroristas fortemente armados. (Projeto de Lei 1.258/2004 - ALERJ)

Governador, Deputados, Comando da Corporação e "outros" segmentos da sociedade estão cagando e andando para o número cada vez mais crescente de policiais mortos, mas além das perdas humanas, um enorme prejuízo financeiro é causado ao Estado com a reposição destas perdas. Isso deveria ser preocupante para toda a sociedade, que se não está dando valor às vidas perdidas, deveria dar valor ao dinheiro público que nesta situação também está sendo desperdiçado. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário