sábado, 4 de agosto de 2018

Foi realmente uma aula!


Quem assistiu a entrevista do candidato Jair Bolsonaro ontem, na Globo News, pode ter uma aula prática do que é o Revisionismo Marxista:
alterar os fatos da historia sem contraponto, colocando palavras, atos e pensamentos em pessoas que não podem mais falar por si (vide Lula com D. Marisa).


Roberto Marinho faleceu em 2003 e nunca voltou atrás sobre o apoio que deu aos militares na luta contra o comunismo de 64.
Nunca!
Lançar um editorial em 2013, dez anos após a sua morte, não reflete o que ele pensava.


O respeito pela memória de Roberto Marinho, criador e fundador das Organizações Globo, deixa de ser importante perto da urgência em mentir para ludibriar os desavisados.


Essa é a marca da ditadura do jornalismo de esquerda: passar por cima de tudo e de todos para impor suas "verdades" inventadas. 
Esse é o berço das fakenews...



Texto de Eliza Leal.

2 comentários:

  1. A Globo e a Mirian Leitão fizeram um papelão ridículo. Essa é a cara da Globo!

    ResponderExcluir
  2. Micão. Agora, todo o povo tb tem acesso à mídia (zap,face,...). Tem fakes. Qual a mídia que não manipula, não produz seus fakesss. Agora é pau a pau. Micao da Globo.

    ResponderExcluir