sábado, 27 de outubro de 2018

Deus acima de TODOS!


Serviço de inteligência impede que Bolsonaro viaje para São Paulo. O candidato foi informado que ele corria risco de ser morto. Polícia Federal investiga advogados de Adélio, que tentou matar Bolsonaro, por envolvimento com o PCC. Duas pessoas da pensão em que Adelio estava morreram após o atentado. 
Em video feito na noite de ontem, dia 18 de outubro, Bolsonaro lembra que Adélio era filiado ao PSOL e esclarece aos eleitores que, de acordo com a legislação eleitoral, a partir de agora, se ele for assassinado o terceiro lugar no primeiro turno - Ciro Gomes - disputaria a eleição com Haddad. Ontem o PDT de Ciro e o PT entraram com o pedido de impugnação da candidatura de Bolsonaro - alegando uso de Fake News - para que Haddad e Ciro disputem a eleição. 
Bolsonaro está efetivamente ameaçado! Até num atentado terrorista.

Sentindo -se ameaçado Bolsonaro foi a sede do Bope e da Polícia Federal pedir apoio. Sabendo que é impossível ganhar nas urnas as facções criminosas - inclusive o PT - querem Bolsonaro fora de qualquer maneira. 
Semana passada José Dirceu disse em entrevista ao jornal El Pais: "Falta pouco para *tomarmos o poder* e não será por eleição". Estão querendo tirar Bolsonaro de casa para debate...isso é levá-lo para a morte. Ele precisa ficar em casa até a posse. 
Depois eles sabem que se ele for morto o General Mourao assume e o bicho vai pegar. A eleição acabou! Bolsonaro está eleito. Agora é guerra! 

O "Sebastianismo" brasileiro.

A vida dele está em risco. Vamos denunciar! Se o Capitão morrer o Brasil vai explodir. Todos atentos. Cuba, Venezuela, PT, PCC... são muitos os bandidos que não querem Bolsonaro presidente. O escudo dele é Deus e o povo. 
Deus guarde a vida de Bolsonaro e de sua familia. Brasil: vamos lutar pela vida dele! 
Leia, compartilhe, alertem todos os seus contatos em todas as redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário