sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Paes mentiroso!

Então Eduardo Paes vem a público falar sobre má gestão. Ora, para criticar gestão alheia deve ser idôneo na sua, o que não foi.



Cesar Maia tem lá seus defeitos, mas no tocante aos funcionários públicos sua administração foi louvável. Tanto que tem aprovação destes, que certamente depositaram uma grande soma de votos em sua campanha ao Senado. Não escrevo para defender Crivella ou Cesar Maia, a postagem somente é um alerta sobre Eduardo Paes e sua administração desastrosa para o Município do Rio de Janeiro assim como foi a de Sergio Cabral para o Estado do Rio de Janeiro e Lula para o Brasil. Afinal, este trio formou uma verdadeira quadrilha no poder.


Paes grava vídeo criticando a gestão de Crivella sobre a possibilidade do não pagamento do 13º do Município do Rio de Janeiro, mas se esquece que existe muita gente de olho e com dados para rebater sua fala mentirosa.


Eduardo Paes recebeu de Cesar Maia o governo do Município do Rio de Janeiro com R$ 2.200.000,00 no caixa da Previdência do Servidor. Um caixa saudável que garantiria os pagamentos em dia por muito tempo. Mas Eduardo Paes quando passou seu governo para Crivella, este caixa estava com ínfima quantia se comparado com o saldo que recebeu, R$ 98.549.00. Ou seja, meteu a mão no dinheiro que não lhe pertencia para outras finalidades! Se os funcionários o Município do Rio de Janeiro correm o risco de não receber o 13º relativo a 2018, a culpa é exclusivamente de Eduardo Paes que assim como Cabral, deixou os servidores na merda que estão hoje.

No comparativo é visível a má gestão, mas a de Eduardo Paes. Mas passando a outro ponto, as obras de mobilidade para as olimpíadas e copa também foram objetos de sua má gestão. A ânsia em se dar bem e desviar recursos públicos deixaram as obras com falta de qualidade e afetando a segurança dos usuários. Não se joga pedra no telhado dos outros quando o seu é de vidro. 

Prefeito Marcelo Crivella Denuncia Treta de Eduardo Paes no BRT!


Marcelo Crivella é engenheiro e não foi difícil para ele achar os pontos frágeis das obras com a finalidade de desviar recursos. O fato foi comprovado no BRT TRANSCARIOCA, mas o BRT TRANSOESTE foi mais acintoso, com pistas em asfalto que hoje estão esfarinhando com a carga que receberam.

Um comentário:

  1. A imagem no alto da postagem vale mais do que milhares de palavras. Identifica o triunvirato comunista, a canalhada, escondida atrás dos muros da segregação de direitos erguidos com status de obras sociais.
    Estes facínoras conseguem levar o cidadão, desavisado, para a forca, aplaudindo o carrasco.

    ResponderExcluir