terça-feira, 9 de outubro de 2018

REFLEXÃO NA PMERJ


REFLEXÃO
43 mil ativos na PMERJ:
Se votar o policial, a esposa e a mãe dele, temos o potencial mínimo 129 mil votos.

Candidatos com voto na tropa:
Ten Nilton da Silva - 20 mil votos (arredondando);
Cb Louzada - 17 mil votos (arredondando);
Maj Elitusalem - 15 mil e quinhentos;
Ex soldado Tobias - 14 mil votos (arredondando)
Sgt Valentim - 8 mil votos (arredondando);
Total 74 mil votos.
Considerando que o coronel Salema teve 99 mil votos, ou mais da metade dos votos dele veio da família policial militar (duvido muito) ou a máxima "polícia vota em polícia" é mais uma lenda urbana.

Mais um detalhe, todos que tiverem voto do 17 tiveram a transferência de votos do Jair Bolsonaro, portanto civis, militares das forças armadas, entre outros somaram na votação.
No nosso caso e de outros, o apoio de movimentos de direita e amigos foi fundamental para tal coeficiente.
Resumindo, polícia não vota em polícia, praça não vota em praça, praça não vota em oficial e agradeçam a Deus pelo Ten da Silva estar na Alerj, do contrário ficaríamos sem voz lá, pois a pauta do comandante Salema é muito mais ampla do quê lutar por RAS, escala, acautelamento das.40, mudança no RDPM, etc.
O Major Elitusalem Freitas vai continuar lutando, mas na condição de Vereador estaremos extremamente limitados, portanto sejamos coerentes na hora de cobrar!
#FreitasSincero
#RebataSeTiverArgumentos
#AcordaPMERJ
Major Elitusalem Freitas.
O policial militar está mais engajado na política do que a dez anos atrás, mas não o suficiente. Faço uma projeção ainda maior do potencial eleitoral na PMERJ, incluindo pais, filhos, inativos, pensionistas e amigos, o que eleve esse potencial a 300.000 votos. Poderíamos eleger 1/10 da ALERJ e dois deputados federais, mas não o fizemos por não haver planejamento e coesão. Seguimos em frente, vislumbrando que estamos caminhando neste sentido. 

Um comentário:

  1. Se for comparar com outras eleições podemos notar uma notória evolução visto que muito mais policiais foram eleitos. Acredito que a a partir das ações positivas em relação a tropa dos que foram eleitos, nas próximas eleições teremos muito mais representantes. O caminho é longo mais vamos evoluindo e juntos seremos sempre mais fortes

    ResponderExcluir