quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Os presidentes brasileiros lambiam as botas de Fidel.


O respeitado jornalista José Nêumanne Pinto teve um momento de explosão, para em seguida parabenizar o Presidente eleito Jair Bolsonaro e seu futuro Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, por terem desconvidado para a cerimônia de posse em 1º de janeiro, os ditadores de Cuba e Venezuela.


Estou de SACO CHEIO de ver presidente brasileiro lambendo as botas de Fidel Castro.


Para Nêumanne, todos os presidentes brasileiros - fora os militares - "puxaram o saco de Fidel Castro" e do regime cubano, inclusive José Sarney, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso.


A decisão de Bolsonaro, na opinião do jornalista, está correta e deve ir mais além, fechar a embaixada do Brasil em Havana.


Por outro lado, alguns veículos da grande mídia, criticam a iniciativa de Bolsonaro, considerando um gesto de deselegância com países que oficialmente o Brasil mantém relações diplomáticas.

Não é verdade! Deselegante foi o que fez Cuba, interrompendo o Programa Mais Médicos sem que houvesse qualquer diálogo com o novo governo.


Maduro diz que Mourão é louco e quer invadir a Venezuela.



Degradante foi o que fez Nicolas Maduro, ofendendo o General Hamilton Mourão, a quem chamou de "cara de louco" e "covarde".

2 comentários:

  1. Deselegante e não pagarem os empréstimos que aDilma e o Lula fizeram....

    ResponderExcluir
  2. Louco e covarde e ele, que escravisa seu povo, massacra e humilhar, certo está Mourão e Bolsonao, temos que ajudar a veneVenez a se libertar dessas corrente do comunista escravista.

    ResponderExcluir