terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Eu QUASE acreditei.

Eu QUASE acreditei naquela “reportagem” da Globo sobre o Flávio Bolsonaro …


Mas aí eu pesquisei e descobri que o Presidente vai DIMINUIR DRASTICAMENTE a VERBA ESTATAL MILIONÁRIA que era direcionada para a Globo.

Lembrei também que o caixa eletrônico do Banco Itaú só aceita R$2.000,00 por envelope … lembrei que foram feitos 48 depósitos na conta do Flávio de 2 mil, mas foi no prazo de 2 anos.

Descobri também que o Flávio é dono de uma loja de chocolates, uma franquia em um movimentado e luxuoso shopping do Rio.
Descobri também que datas dos depósitos do Flávio NÃO batem com as datas das movimentações do Queiroz … puxa vida em?
Ai me vem o seguinte pensamento: Quem usaria a PRÓPRIA CONTA para roubar dinheiro público?

Quem faria depósitos com cheques nominais? Geralmente o PT usava malas de dinheiro vivo e transportava dinheiro nas cuecas.
A propina chegava até em caixas de whisky ou de celulares.
Foi o que Palocci delatou sobre Lula, que exigia propinas em dinheiro vivo.

Então eu fui mais longe e lembrei da facada … lembrei das manipulações das suásticas fake;

Lembrei das inúmeras tentativas da mídia (boca de aluguel do sistema corrupto da esquerda) em minar a candidatura do Presidente Bolsonaro.

Sem contar que MP/RJ, que se vestiu de vermelho para apoiar o PT, em um movimento anti impeachment de Dilma Rousseff, foi APARELHADO pelo SISTEMA PT, conjuntamente com esse tal de Coaf.

O MP-RJ agiu ILEGALMENTE ao investigar e posteriormente, quebrar o sigilo bancário de Flávio Bolsonaro.
Tudo aconteceu de forma SECRETA e SEM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL.
O engraçado é que a Globo teve acesso a quebra do sigilo ilegal.

Se era secreto, como a Globo teve acesso a investigações e como soube da quebra do sigilo?

A Globo não consegue descobrir quem paga para os advogados do Adélio Bispo, mas pratica jornalismo sujo, de baixo nível e de forma corrupta para derrubar um presidente, que diga-se de passagem, está a menos de 20 dias no poder.

Um presidente que nestes mesmos 20 dias, fez mais do que a esquerda em 30 anos.
O pior é ver jornalistas, que deveriam ser imparciais, pregando contra aquilo que a faculdade lhes ensinou, se é que fizeram faculdade de jornalismo!

Investigar, buscar a verdade e torná-la transparente ao cidadão sem viés ideológico, político ou defendendo apenas seus escusos interesses.
Segue com o velório da esquerda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário