quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Juan Guaidó se declara presidente da Venezuela.


O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, se autodeclarou nesta quarta-feira presidente interino do país. Minutos depois, Donald Trump o reconheceu. Dezenas de milhares de cidadãos saíram em Caracas em uma grande marcha convocada pela Assembleia Nacional, controlada pela oposição, para protestar contra o Governo de Nicolás Maduro


A primeira grande marcha em um ano e meio teve eco no resto dos Estados do país, onde também estão convocadas manifestações. Com bandeiras tricolores ou roupas brancas, os manifestantes têm externado sua rejeição ao caos econômico e ao colapso dos serviços. E exigem, acima de tudo, a renúncia do presidente. Maduro, por sua vez, chamou seus apoiadores para sair às ruas e acusou os Estados Unidos de tentarem desestabilizar e de se intrometerem em questões de política interna. A tensão na Venezuela aumentou nos últimos dias, com dezenas de confrontos com a polícia em zonas populares, que eram antes bastiões do chavismo.

Manifestantes atearam fogo à uma estátua do fundador do Foro de São Paulo, Hugo Chávez, em protesto contra seu sucessor, o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro.

Gleisi defende Maduro


A presidenta do PT diz que líderes da região incorrem no mesmo erro que as potências fizeram com o Iraque e a Líbia ao apoiarem um autoproclamado presidente opositor. Viagem de petista à posse de Maduro foi criticada de maneira velada até por seu companheiro de partido, Fernando Haddad (entenda aqui).
Começamos hoje na América Latina a caminhada dos conflitos que tanto repudiamos em outros continentes. Líbia, Iraque, Síria são lembranças atuais das decisões arrogantes dos Estados Unidos e seus parceiros políticos. O Brasil só tem a perder com esta intervenção na Venezuela

2 comentários:

  1. Nao fechamos com o errado ,queremos também a devolução de nossos bilhões,doados por Lula ladrao

    ResponderExcluir
  2. Deus não dorme, senhores. Apartir da nossa luta e conquista nas eleições de 2018, nossos irmãos criaram fôlego novo e coragem para derrubar o comunismo. CHUPA QUE E DE UVA ESQUERDA PODRE!!

    ResponderExcluir