quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Relato de um Bombeiro voluntário.


Avistamos algo que poderia ser um corpo, dava a impressão de ser um pequeno galho de árvore. Nos aproximamos com acutela, pois a lama ainda estava movediça. Temos nos guiado pelo cheiro dos corpos.

Uma sensação ruim foi tomando conta de nós, meu coração saia pela boca... a gente sempre quer achar vidas.

Cheguei perto e o que achávamos ser um galho, na verdade era um pequeno pé e parte de uma perna para o lado de fora da lama.

Começamos a escavar, rapidamente identificamos se tratar de uma criança. Respirei fundo, puxei-a e assim que a retiramos ela estava presa a um outro corpo, o de sua mãe, já com as vísceras expostas.  Meu companheiro caiu ajoelhado, sem forças diante da imagem que vimos.


Neste instante ele para de falar e chora profundamente.

Um Bombeiro voluntário.

3 comentários:

  1. Triste demais. Tudo isso aconteceu por conta da ganância, negligência e irresponsabilidade dessas mineradoras que exploram as pessoas e nada acontece com essas empresas. Até quando o Brasil ficará se omitindo frente à esses assassinatos?

    ResponderExcluir
  2. Que Deus lhes paguem pelo doloroso e extenuante trabalho. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui fica meus sentimentos por essas pessoas e que Deus tenham em bom lugar lá encima. Agora não so votei, como me ajoelhei varias vezes diante de Nosso Senhor Jesus Cristo. Para que esse nosso presidente fosse vitorioso . Só espero que ele antes de ser Presidente seja Homem para acabar com esses Políticos e Empresários filhos da Puta Gananciosos .

      Excluir