sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

A fonte secou!


Se a imprensa grita contra, é sinal que é bom para o Brasil! Afinal, falam de bobagens e amenidades esquecendo o principal.
Que tal falar do dólar a R$ 3,67 (com ele baixam a gasolina, o pão, remédios, alimentação e outros diversos itens).
Porque não falar na alta da bolsa, que com 93.800 pontos atinge o seu recorde e dá ânimo a nossa combalida economia?
Porque não denunciar os 580 mil usuários do Bolsa Família que saíram voluntariamente do Programa sob suspeita de estarem fraudando ?
Nem noticiaram o vergonhoso contrato do IBAMA, que gastava 30 milhões de Reais/mês de nosso dinheiro só com aluguel de carros! Muito sorrateiramente esqueceram que a Ministra Damares cancelou um contrato irregular no valor de 45 milhões de Reais assinado no governo passado. Não falaram que o Ministro Chefe da Casa Civil numa primeira canetada exonerou mais de 300 servidores nomeados pelo PT, que estavam ocupando cargos comissionados (sem concurso) com salários altissimos no Palácio do Planalto.
A imprensa só dá uma notinha, nós nas redes sociais amplificamos a notícia.
Houve uma revisão ou mesmo um corte de 2,5 bilhões de Reais em verbas que iam da Caixa Econômica para times de futebol e publicidade na mídia (entende porque gritam tanto?).


E mais! Finalmente abrem-se as Caixas Pretas do inadjetivável e vergonhoso Sistema S e também do BB, CEF e dos bilhões que o BNDES deu para empreiteiras amigas do Rei Nine e da Rainha Mandioca e para as ditaduras dos amiguinhos do PT.
O BNDES já devolveu ao tesouro 100 bilhões! E vem mais ai! Denunciar e prender os responsáveis pelo rombo criminoso nos Fundos de Pensão, fato que ocorreu nos últimos 15 anos.
Um mês e meio de Governo Bolsonaro e os desmandos da pilantrada estão vindo a tona. O resto? É ressentimento e inveja, afinal, as ratazanas que carcomiam e roíam o dinheiro público urram, pululam e dão uivos histéricos.

O texto foi atribuído a Deputada Janaína Paschoal, que nega autoria. Mas não importa o autor, já que é verdadeiro e merece ser compartilhado.

Um comentário:

  1. Pergunto eu! Os 580 mil supostos Bolsas Famílias irregulares, seria um caso de gestão ou de aproveitadores de brechas no sistema? Muitos gritaram, choraram por mudanças, diziam não aguento mais... Mas será que alguns desses, eram usurpadores do sistema... Que viviam a margem do que gritavam? E os contratos do último governo... bem... Alguns continuam no poder... Outros sairam para entrar seus aliados... No final temos muitas das vezes o mais do mesmo...

    ResponderExcluir