sábado, 2 de março de 2019

Infiltrar-se entre seus inimigos.


Muito cuidado com essa história de que, eleitores de Bolsonaro, estão comemorando a morte do neto do luladrão.

Então vejamos:

Fato 01:

Durante as eleições, mais precisamente, no segundo turno, começaram a pintar suásticas em diversos lugares, principalmente, em igrejas, atribuindo tal ato, aos eleitores do então candidato Bolsonaro. Depois, tão rápido quanto apareceram, elas desapareceram.

Suástica feita em jovem por fãs de Bolsonaro é fake news.


Fato 02:

Também durante as eleições, e, coincidentemente, no segundo turno, começaram a aparecer relatos de pessoas agredidas nas ruas, e sempre tinham testemunhas dessas agressões, que diziam que, os supostos agressores, gritavam que eram eleitores de Bolsonaro. E, de novo, como o caso das suásticas, tão rápido quanto apareceram, elas desapareceram.

Fato 03:


Aproveitando-se da polêmica de que o então candidato, Jair Bolsonaro, havia dito que os eleitores do luladrão "tinham que comer capim", por serem burros, isso foi o que ele disse, e não que os nordestinos têm que comer capim, pelo fato de serem nordestinos, é muuuuuito diferente, enfim, aproveitando-se dessa discussão, um grupo de pessoas, saíram em carreata, numa cidade do Nordeste, não lembro agora qual foi, saíram em carreata, onde havia uma caminhonete cheia de capim, onde eles jogavam para as pessoas, dizendo que eram eleitores de Bolsonaro.

Militantes do MST e PCO atacam carro com Ministro do Meio Ambiente.

A ptquadrilha é suja, e é profissional. Tem um setor de propaganda muito bem organizado. E tem uma massa de manobra, muito bem estabelecida, no "último degrau". Pra você ter uma ideia, eles têm vídeos tentando mostrar que a facada no presidente, foi uma armação.

E se eu fizer um perfil falso, colocar o símbolo de Bolsonaro, alguma coisa verde e amarela, enfim, entrar em grupos de direita e da própria esquerdalha, e comemorar a morte do neto do luladrão, como vocês saberiam que é um esquerdalha? Isso seria possível? Isso seria plausível? A ptquadrilha precisa manter o seu "curral eleitoral" ativo e com raiva, pois, não podem arriscar perder "fiéis" das suas fileiras. Se essa gente acorda, eles estão perdidos politicamente. Então, quer propaganda melhor do que dizer que eleitores do Bolsonaro estão comemorando a morte do neto do capo da ptquadrilha, o "painho dos pobres"?

A arte da guerra. Infiltrar-se entre seus inimigos.

Logicamente, que existem os doentes radicais, que fazem parte do "último degrau", do lado de cá.

Michel Amaral

Um comentário:

  1. Vale lembrar que o cidadão da suástica, já está condenado na justiça.

    ResponderExcluir