sexta-feira, 17 de maio de 2019

A todos os brasileiros amigos de Israel.

Mensagem do Excelentíssimo Senhor Embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, a todos os brasileiros amigos de Israel.


Caros amigos, desde ontem estamos dia e noite sob ataques terroristas em Israel.
Até o momento, já foram lançados mais de 450 foguetes partindo da FAIXA DE GAZA para regiões onde residem cidadãos civis.
O alvo tem sido direcionado não para bases militares, mas para escolas, residências e comércio com o propósito de fazer com que crianças, jovens e adultos sejam mortalmente atingidos.
Também é importante dizer que os mísseis vindo do lado de lá estão sendo lançados de dentro de mesquitas, escolas, hospitais e residências civis, utilizando uma estratégia moralmente condenável contra o seu próprio povo com o intuito de forçar o exército israelense a revidar nesses pontos sem nos dar escolha de poupar vidas de inocentes que nada tem a ver com isso.
Já contabilizamos mais de 56 feridos e 5 mortes, mas este número segue crescendo e poderia ter sido muito maior se não contássemos com um aparato tecnológico que nos permite interceptar com eficiência um grande número de mísseis.
Hamas está atacando Israel e as Forças de Defesa de Israel se preparam para o contra-ataque. Neste momento a IDF já está realizando uma série de operações aéreas em Gaza e o Hamas está ameaçando bombardear o centro do país.


O ódio do Hamas a Israel segue sem limites e sem que o mundo entenda o seu real perigo. Nós só podemos fazer a única coisa possível: Nos defender!
Mesmo que o nosso direito a defesa seja amplamente distorcido por aqueles que não compreendem o que é estar na pele de um cidadão israelense.
No dia de hoje, um míssil caiu a 500 metros de minha casa em Be’er-Sheva. Vocês podem imaginar como me sinto sabendo o que minha família e todos os israelenses estão passando?
Infelizmente, a mídia não tem mostrado quase nada sobre nossa real situação, e nossos direitos a uma vida normal seguem sendo esmagados por organizações terroristas assassinas.
O silêncio do mundo também nos entristece, já passamos por isso antes e sabemos como termina...
Para nossa angústia, a resolução proposta pelos EUA e com o apoio do Brasil, da Austrália, da Hungria e de mais 26 países de diferentes continentes, que condenava o Hamas por ataques contínuos e por incitar violência contra cidadãos civis israelenses, não foi aprovada pela ONU. Quem olhará por nós se não nós mesmos?
Neste momento tão delicado, peço que o povo brasileiro procure saber a verdade e que não se deixe enganar por propagandas enganosas que insistem em nos acusar de responsáveis pelo ódio.
Agradeço imensamente se puderem divulgar em suas redes sociais com informações verdadeiras sobre a nossa real situação e que continuem junto a nós no combate ao ódio a Israel e ao seu povo, propagado não só pelo Hamas, mas também pelo Hezbolah e pela Jihad Islâmica.
O ódio jamais vencerá a verdade! Precisamos de vocês, Estamos juntos! ????????????????? Muito obrigado! Toda raba!
Yossi Shelley, Embaixador de Israel no Brasil

4 comentários:

  1. Estamos juntos e solidários ao povo sraelenses, não podemos aceitar que o ódio seja diciminado com o poder das armas, Nelson Mandela disse uma vez,(uma criança não nasce odiando elas são encinadas,damesma forma o amor pode ser encinado) neste momento está faltando amor ao povo palestino, porque o amor não foi encinado a eles quando criança,os dirigentes palestinos tem um coração endurecido e não conheçe o amor de Deus pelo seu povo, gratuito e abundante está adisposição dos gentios do mundo só precisamos abrandar o coração pra ser transformado pelo amor, celebrar a paz em srael e no mundo e o desejo de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Estamos juntos e solidários ao povo sraelenses, não podemos aceitar que o ódio seja diciminado com o poder das armas, Nelson Mandela disse uma vez,(uma criança não nasce odiando elas são encinadas,damesma forma o amor pode ser encinado) neste momento está faltando amor ao povo palestino, porque o amor não foi encinado a eles quando criança,os dirigentes palestinos tem um coração endurecido e não conheçe o amor de Deus pelo seu povo, gratuito e abundante está adisposição dos gentios do mundo só precisamos abrandar o coração pra ser transformado pelo amor, celebrar a paz em srael e no mundo e o desejo de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Apóio o direito a defesa de Israel, e as vezes a melhor defesa, é o ataque!

    ResponderExcluir
  4. Deus sempre estendeu as mãos aos justos e os israelenses por serem o povo escolhido porde Deus,sairão vencedor dessa guerra.

    ResponderExcluir