sexta-feira, 28 de junho de 2019

Quem são os traficantes de drogas?


Há anos casos de trafico de drogas com veículos militares são descobertos e divulgados, sendo rapidamente abafados pela mídia assim que começam as ligações políticas dos envolvidos.

Porém, a Justiça Militar nunca se omitiu nestes casos, levando os acusados a julgamento e, obedecendo o princípio constitucional da ampla defesa e do contraditório, os condenou a penas severas com perda de graduação e patente.

Vamos passear por alguns casos e tirem suas conclusões:

2015

Condenado por traficar cocaína em aviões da FAB, coronel perde posto.


O Superior Tribunal Militar determinou a perda de posto e de patente de um coronel condenado por traficar cocaína em aviões da Força Aérea Brasileira. Ele já havia sido condenado na Justiça Federal a 16 anos pelo crime. De acordo com o processo, o homem integrava uma quadrilha especializada na venda internacional de entorpecentes para a Europa. A decisão foi unânime.

De igual modo, irrelevante se torna sua condição de inativo, pois, mesmo nessa situação, compromete o prestígio e a respeitabilidade da Força a que pertence, não só pela gravidade do delito praticado, mas pelas repercussões nefastas que se espraiam no meio militar e na vida civil, não só no Brasil, mas no exterior, onde os fatos tiveram repercussão, denegrindo a imagem e o conceito dos militares, em especial os da Força Aérea Brasileira, e dos brasileiros em geral" (Trecho de sentença do STM - Superior Tribunal Militar).



2019

Mandetta diz que há tráfico de drogas em aviões do Ministério da Saúde e pede investigação da PF.

ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, declarou que há aviões pagos com recursos da pasta que fazemtráfico de drogas e pediu que a Polícia Federal investigue o caso. A suspeita recai sobre contratos na área de saúde indígena da pasta. Mandetta destacou que a pasta gasta mais de R$ 700 milhões em atividades "meio" na saúde indígena, e ao destacar os recursos destinado a transporte fez a acusação.

Porque o traficante ganhou a licitação e o SUS é uma excelente maneira de você fazer tráfico — afirmou o ministro.

2007
Agora este caso nos parece muito estranho, assim como surgiu, foi abafado depois da interferência de Lula, que mandou uma fragata da Marinha Brasileira para buscar o barco, a droga e os traficantes. nenhuma palavra da imprensa e nunca mais se ouviu falar sobre o assunto.
Dois anos depois da Polícia Federal realizar, em Fortaleza, a apreensão recorde de 1,2 tonelada de cocaína, em um navio cargueiro que seguiria para o Senegal, mais um fato comprova que o Ceará é um dos principais pontos da rota internacional de cocaína para a África e Europa. Três pescadores cearenses estão detidos na Superintendência da PF, em João Pessoa (PB), acusados do mesmo tipo de crime.

Os acusados, identificados como Francisco Alves Pereira da Silva, 59 anos; Neírton Manoel do Nascimento, 55; e Ricardo Alves da Silva, 47; chegaram presos ao Brasil, na noite do último domingo, depois de uma viagem que durou 13 dias, num percurso de 2.500 milhas náuticas, o equivalente a aproximadamente cinco mil quilômetros. Eles haviam sido detidos pela Marinha francesa no dia 8 de junho último, em águas internacionais.
Na noite de domingo passado, os três cearenses e o boliviano desembargaram da fragata brasileira ‘Greenhalgh’, no Porto de Cabedelo, na Paraíba, e foram levados para a sede da PF, em João Pessoa.

Já a embarcação ‘Sabala’, foi também trazida de volta ao Brasil juntamente com o carregamento de cocaína. O pesqueiro ‘Sabala’ foi rebocado até o Porto de Cabedelo pelo navio-patrulha ‘Guaíba’, pertencente ao 3º Distrito Naval, sediado em Natal (RN).

A detenção dos quatro homens na embarcação cearense foi comunicada no dia 20 de junho à Marinha do Brasil , que, então, enviou à costa africana a fragata ‘Greenhalgh’, com a missão de trazer os quatro presos, assim como a droga. 
2019
Então o sargento é filiado ao PT, né?

O militar detido com 39 quilos de cocaína — costumava fazer muitas viagens levando assessores presidenciais em aviões da FAB.

Em 2017, por exemplo, ele fez parte da tripulação que levou o então presidente Michel Temer de Brasília a São Paulo no dia 10 de fevereiro.



Portanto, é fácil para os imbecis da esquerda se apressarem em fazer acusações ao governo Bolsonaro, quando os endeusados por eles estão até o pescoço enfiados nesta lama.


Nenhum comentário:

Postar um comentário