terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Dono da RedeTV pede para Petra fazer filme de como sua família roubou o país.

Dono da RedeTV pede para Petra fazer filme de como sua família roubou o país.

O empresário, apresentador e dono da RedeTV, Marcelo de Carvalho, usou seu Twitter para criticar a cineasta Petra Costa, diretora pelo documentário “Democracia em Vertigem”, e sua família.

Na publicação, Marcelo ainda insinua que o pai de Petra estaria envolvido em um suposto escândalo de legalização de terra em Minas Gerais.
Petra é herdeira da construtora Andrade Gutierrez, uma das grandes empresas responsáveis pelo escândalo do petrolão e investigado pela operação Lava jato. Porém, tal detalhe é superficialmente comentado em seu documentário, de forma irrelevante e ínfima.
E você? Se Petra fizesse tal filme, você assistiria?
Veja a publicação:
Eu tenho uma ótima sugestão para a cineasta Petra Costa. Fazer um filme sobre como sua família roubou bilhões do Brasil. E como seu pai envolveu-se no escândalo das fraudes de legalização de terras de Minas Gerais.
Quote Tweet
Eduardo Bolsonaro
🇧🇷
@BolsonaroSP
·
Não costumo perder tempo desmentindo canalhas como a sra @petracostal, mas o nível dos absurdos da sujeita chega a ser criminoso Sabe o que não é mentira? A militante comunista aí é herdeira da Andrade Gutierrez, empresa metida até o pescoço no Petrolão. Quero ver distorcer isso twitter.com/ClauAlianca/st
Show this thread

5 comentários:

  1. É uma vagabunda rica comunista conivênte com assasinos ladrões e ditadores genocidas

    ResponderExcluir
  2. Nem um mal caráter fala dele mesmo.
    Todos os bandidos igual lula só tem olhos pro rabo alheio.

    ResponderExcluir
  3. Os corruptos e mau caráter dos governos passados, não se conformam de perder a mamata. Roubaram muito e querem manter isso. Filha de corrupto corrupta é... assim como sobrinha, neta etc... A esquerdalha mente e esperneia descaradamente na tentativa de enganar o povo que já acordou !

    ResponderExcluir
  4. Você quis dizer "de como a família dela roubou o país". O pronome de tratamento nesse caso faz pensar que ele está se referindo à própria família.

    ResponderExcluir